Com 34 anos a princesa Saudita, Ameerah, é um grande destaque e ícone por onde passa! E isso não se deve apenas a sua beleza, mas, a sua militância feminista. Para Ela, toda mulher deve se vestir como quiser, isso tudo, por que em seu país ainda é um tabu – ou ate crime – mulheres se vestirem com roupas que não sejam o famoso véu.

Obviamente a historia dela não para por aqui, a Princesa, passou longos anos nos Estados Unidos estudando sem descansos, e nesse meio tempo como todo bom membro da realeza ela se dedicou a fazer trabalhos humanitários, tendo hoje visitado mais de 70 países ao redor do mundo.

E para honrar o “LUTE COMO UMA GAROTA”, Ameerah não deixou a desejar, alem de ser organizadora de diversas campanhas para arrecadar fundos para orfanatos na Africa, a Princesa liderou uma missão de socorro na Somália, e certa vez foi responsável por um grupo de buscas no Paquistão após uma inundação violenta.

Hoje alem de ser uma grande filantropa e ativista humanitária ela é também vice-presidente e chefe do comitê executivo da Alwaleed Philanthropies e presidente da Time Entertainment. A Princesa apoia uma vasta gama de interesses humanitários na Arabia Saudita assim como em todo o mundo.

Sobre a Fundação Alwaleed

A fundação Alwaleed é uma organização internacional sem fins lucrativos dedicada a apoiar programas e projetos afim de combater a pobreza. Alem disso, a organização tem um grupo destinado a realizar operações em desastres onde as pessoas posam se encontrar em situações de risco. Outro tópico importante sobre a fundação é o dialogo inter-religioso que eles mantem em busca sempre de solucionar problemas da maneira mais eficaz. A Alwaleed também é responsável por ser uma das principais disseminadoras do emponderamento das mulheres na Região – como não amar?

Ameerah tem um forte discurso sobre o emponderamento das mulheres em seu País – minha nova heroína – o que em 2013, a levou ao divorcio com o seu marido, o Príncipe All. Ela ainda afirma que será uma das primeiras mulheres a dirigir em seu País.