Alunos da Escola Municipal Pedro Bruno, da Ilha de Paquetá, que integram o protejo de xadrez coordenado pela 12ª Inspetoria da Guarda Municipal atravessaram a Baía de Guanabara para participar de torneio realizado na tarde desta terça-feira, dia 26, na Escola Municipal Santa Catarina, em Santa Teresa. Ao todo, 35 alunos, de 9 a 14 anos, participaram da competição, que teve como principal objetivo a interação entre as crianças neste jogo que exige muita concentração e disciplina.

O projeto foi implantado em agosto de 2011 visando oferecer uma atividade que alia educação e lazer para as crianças da Ilha de Paquetá e proporcionar melhorias no poder de concentração dos pequenos. De acordo com o comandante da unidade, subinspetor Marlon César, os benefícios são vistos entre pais e professores.

  • Entre os depoimentos que recebo de professores é que o projeto melhorou significativamente o interesse dos alunos pelos estudos, o aproveitamento escolar, além de diminuir o número de faltas. Uma das premissas do projeto é o incentivo ao aproveitamento escolar exigindo responsabilidade e instigando a imaginação e a versatilidade dos alunos – afirma.

As aulas do projeto de xadrez são ministradas pelo guardas municipais Renato Martins e Karen Portela e atende alunos do 4º ao 9º ano das escolas municipais Pedro Bruno e Joaquim Manoel de Macedo, na Ilha de Paquetá.

Fonte e fotos: Guarda Municipal do Rio de Janeiro