Alunos do Pólo Teresópolis da Escola de Música Villa-Lobos cantam no Theatro Municipal do Rio

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Por Ney Reis

 

Alunos de Musicalização Infantil e Iniciação em Música do Pólo Teresópolis da Escola de Música Villa-Lobos participaram neste domingo, 10, de espetáculo no Theatro Municipal do Rio: “Quando o Natal Chegar — um canto de Natal para todos”. O evento foi uma iniciativa do Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura, Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, Escola de Música Villa-Lobos e AMAVILLA (Associação de Músicos, Docentes e Amigos da Escola de Música Villa-Lobos). 

A Escola de Música Villa-Lobos, localizada no Centro da capital, e seus pólos— inclusive os alunos de dois módulos do Pólo Teresópolis — fizeram história na manhã de domingo. “Esta é a primeira vez da Escola de Música Villa-Lobos no Theatro Municipal do Rio”, falou emocionado ao microfone Carlos Belém, diretor geral da Escola e ex-aluno. “Desde garoto eu vivo essa escola, que tem a missão de ensinar música a quem não teria condições de aprender sem esse espírito democratizante, popular que temos. Eu inclusive. E fica ainda mais emocionante nesse clima de Natal”, completou. 

Nada mais democrático, aliás, do que os ingressos a R$ 1. Resultado: teatro lotado! Nem poderia ser diferente: a Escola de Música Villa-Lobos tem 2.000 alunos no Rio e 1.500 divididos pelos pólos do Estado. 

De Teresópolis, participaram dezenas de pessoas, incluindo os professores Célia Seabra, Oziel Silva, Geremias Cruz e Ana Raffaele, a coordenadora pedagógica Regina Tavares, alunos, além do pessoal de apoio da Secretaria de Cultura, entre eles a Subsecretária de Cultura, Cléo Jordão Rezende — todos viajando em ônibus cedido gentilmente pela empresa Transcotur. 

E o espetáculo começou. Os primeiros a se apresentarem foram do Pólo Cachoeiras de Macacu, com seu interessante projeto “Bamboolata” e um show de percussão com os instrumentos exóticos feitos com esses dois materiais (bambu e lata). 

Além deste e dos meninos e meninas de Teresópolis, outros grupos da Escola se revezaram no palco: Coro Infantil e Coro Juvenil, Coro Cantares, Coro de Câmara (que se apresentaram sob a regência do Maestro José Assunção), Madrigal, Fina Batucada e Grande Coro. A direção foi de Leandro Gregório, que regeu o “gran finale” da apresentação com o Grande Coro, formado por todos os participantes, tendo à frente as crianças do Pólo Teresópolis, inclusive. 

“Nestes Dias” foi a canção de encerramento. “Para nós, foi apenas o início de uma grande história”, resumiu o Professor Oziel Silva, após o espetáculo. E todos subiram a serra novamente para contar: “Eu cantei no Theatro Municipal do Rio de Janeiro!”.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresópolis | Foto: Ney Reis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.