Por Ney Reis

 

Alunos de Musicalização Infantil e Iniciação em Música do Pólo Teresópolis da Escola de Música Villa-Lobos participaram neste domingo, 10, de espetáculo no Theatro Municipal do Rio: “Quando o Natal Chegar — um canto de Natal para todos”. O evento foi uma iniciativa do Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Cultura, Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro, Escola de Música Villa-Lobos e AMAVILLA (Associação de Músicos, Docentes e Amigos da Escola de Música Villa-Lobos). 

A Escola de Música Villa-Lobos, localizada no Centro da capital, e seus pólos— inclusive os alunos de dois módulos do Pólo Teresópolis — fizeram história na manhã de domingo. “Esta é a primeira vez da Escola de Música Villa-Lobos no Theatro Municipal do Rio”, falou emocionado ao microfone Carlos Belém, diretor geral da Escola e ex-aluno. “Desde garoto eu vivo essa escola, que tem a missão de ensinar música a quem não teria condições de aprender sem esse espírito democratizante, popular que temos. Eu inclusive. E fica ainda mais emocionante nesse clima de Natal”, completou. 

Nada mais democrático, aliás, do que os ingressos a R$ 1. Resultado: teatro lotado! Nem poderia ser diferente: a Escola de Música Villa-Lobos tem 2.000 alunos no Rio e 1.500 divididos pelos pólos do Estado. 

De Teresópolis, participaram dezenas de pessoas, incluindo os professores Célia Seabra, Oziel Silva, Geremias Cruz e Ana Raffaele, a coordenadora pedagógica Regina Tavares, alunos, além do pessoal de apoio da Secretaria de Cultura, entre eles a Subsecretária de Cultura, Cléo Jordão Rezende — todos viajando em ônibus cedido gentilmente pela empresa Transcotur. 

E o espetáculo começou. Os primeiros a se apresentarem foram do Pólo Cachoeiras de Macacu, com seu interessante projeto “Bamboolata” e um show de percussão com os instrumentos exóticos feitos com esses dois materiais (bambu e lata). 

Além deste e dos meninos e meninas de Teresópolis, outros grupos da Escola se revezaram no palco: Coro Infantil e Coro Juvenil, Coro Cantares, Coro de Câmara (que se apresentaram sob a regência do Maestro José Assunção), Madrigal, Fina Batucada e Grande Coro. A direção foi de Leandro Gregório, que regeu o “gran finale” da apresentação com o Grande Coro, formado por todos os participantes, tendo à frente as crianças do Pólo Teresópolis, inclusive. 

“Nestes Dias” foi a canção de encerramento. “Para nós, foi apenas o início de uma grande história”, resumiu o Professor Oziel Silva, após o espetáculo. E todos subiram a serra novamente para contar: “Eu cantei no Theatro Municipal do Rio de Janeiro!”.

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresópolis | Foto: Ney Reis