Alunos da Faetec são selecionados para o renomado instituto Le Cordon Bleu

Mais de mil candidatos se inscreveram para concorrer às bolsas de estudo.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Frango poché sauce suprême e torta de maçã. Esse é um tradicional menu da culinária francesa, que garantiu a concessão de bolsas de estudos para 25 candidatos na renomada escola de gastronomia Le Cordon Bleu. O número de vagas foi o maior já oferecido pelo instituto e pelo Governo do Estado, por meio da parceria com a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação. A lista completa dos aprovados já está disponível no site da Selecon (selecon.com.br).


– Em nome do governador em exercício Cláudio Castro, agradeço a parceria com a Le Cordon Bleu por oportunizar a esses jovens a perspectiva de um mundo melhor e de dias melhores. Esse é o momento em que a gente se sente realizado por alavancar a economia do estado e por gerar oportunidade para quem tem menos espaço dentro do mercado de trabalho. Que, futuramente, esses jovens possam transmitir a mensagem de que vale a pena se dedicar aos estudos e de que há oportunidade para aqueles que muito trabalham – comemorou o secretário de Ciência, Dr. Serginho.


O processo seletivo contou com três fases: sorteio, prova objetiva de português e matemática e um teste de habilitação específica. A terceira e última fase do processo seletivo aconteceu na sede da Le Cordon Bleu, em Botafogo, na Zona Sul da capital fluminense. Mais de mil candidatos se inscreveram para concorrer às bolsas de estudo.


– O resultado desse processo seletivo foi emocionante para nós. É uma alegria ver que a Faetec e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação estão cumprindo com a sua missão de incluir o cidadão no mercado de trabalho – salientou o presidente da Faetec, João Carrilho.


Bolsas de 100%


Na sua primeira tentativa no processo seletivo da Faetec/Le Cordon Bleu, a candidata Sabrina de Araújo (foto abaixo) conquistou a bolsa de 100% e ainda foi eleita um dos destaques entre os participantes pelos chefs da escola francesa de culinária. Para a jovem de 21 anos, moradora de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, a gastronomia sempre foi um sonho e vai aproveitar cada orientação e ensinamento dos renomados profissionais.


– Foi muito emocionante ficar entre os cinco melhores do processo e ainda ouvir que já estou no nível dos estudantes da escola. Eu amo cozinha e faço isso desde muito pequena. Já havia tentado seguir outras carreiras, mas nunca me identifiquei. Pretendo aprender o máximo que eu conseguir, desenvolver o meu estilo de cozinhar e me destacar nessa arte que é a gastronomia. Não esperava por essa conquista. Mas ficar entre os melhores foi surpreendente – celebrou Sabrina de Araújo.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.