Estudantes da Escola Firjan SESI em Petrópolis se tornaram bicampeões da etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR) realizada em 4 de agosto, em Teresópolis. A equipe formada pelos alunos Nicolas Angel França de Souza e Nathan de Souza Mendonça, do 7º ano e Lucas Cabral de Oliveira Ferreiras e Thiago de Oliveira Dias, do 8º ano do Ensino Fundamental, orientados pelo professor Robson Thomé, alcançaram a maior pontuação entre todas as escolas participantes para chegar ao primeiro lugar geral.

O torneio reuniu 19 equipes de escolas públicas e particulares de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo com disputa em dois níveis: de 6º ao 8º ano e 9º e Ensino Médio. Agora, os jovens disputarão a etapa Estadual que reunirá as 16 melhores escolas em 22 de setembro, em Volta Redonda.

A competição envolveu mais uma vez o uso de robôs autônomos. As máquinas pré-programadas devem se movimentar dentro de um percurso sem intervenção humana e resgatar as vítimas e as colocar em local seguro. Depois de três rodadas, os avaliadores dão o resultado da pontuação.

Olimpíada Brasileira de Robótica tem por objetivo estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro. Os desafios promovem a integração entre os estudantes e servem para apresentar novos horizontes e despertar o interesse dos jovens por temas como ciência e tecnologia por meio do estímulo à criatividade, dando espaço e valorizando a criação, a descoberta e o pensar de forma diferente.

A competição ocorre desde 2006 e, atualmente, é considerado o maior evento de robótica da América Latina e classifica equipes para RoboCup, maior evento de robótica do mundo. Em 2017 foram mais de 140 mil participantes de todo o Brasil com mais de 3 mil equipes.