Fiscalização realizada nesta sexta-feira (23.03) flagrou, em um supermercado do Alto da Serra, 14Kg de alimentos impróprios para consumo. A ação realizada pelo Procon Petrópolis e uma equipe da Vigilância Sanitária encontrou pacote de peixe, sobrecoxa, farofa pronta, pão entre outros tipos de alimentos fora das condições ideais de armazenamento. Os produtos foram descartados. A atividade faz parte do Mês do Consumidor que organiza para a próxima segunda-feira (26.03) uma ação itinerante na Praça Pasteur, no Castelânea, de 13 às 17h.

A ação fiscalizatória ocorreu à tarde no supermercado. Do total descartado, 11,34Kg estavam com embalagens variadas, 2,4Kg fora de condições ideais para consumo e 1Kg fora da validade. “Estamos sempre em consonância com o Procon na contenção dos riscos sanitários, defesa do consumidor e na apuração das denúncias. Essa consonância é essencial e a população só tem a ganhar”, disse a coordenadora da Vigilância Sanitária, Dayse Carvalho.

“Agimos e continuaremos agindo com rigor neste sentido. Os supermercados devem estar enquadrados dentro das normas não só de saúde, mas do Código de Defesa do Consumidor. Neste mês preparamos uma série de ações porque nossa prioridade é sempre o consumidor. Também acreditamos que esse tipo de fiscalização funciona como uma forma de prevenção, uma vez que ocorre antes de uma denúncia em si ou da ocorrência de um problema propriamente dito”, destaca o coordenador do Procon, Bernardo Sabrá.

Além da fiscalização nos supermercados, equipes do órgão deram continuidade nesta sexta a ação fiscalizatória nos polos de moda do Centro. Rua do Imperador, 16 de Março e Rua Teresa foram fiscalizadas sobre precificação em vitrines, caderno de reclamações e Código de Defesa do Consumidor (CDC) em 245 lojas. A ação foi acompanhada pelo vereador Jamil Sabrá. Além disso, também foi realizada palestras na Escola Monsenhor João de Deus e Avelino de Carvalho.

Ação itinerante será realizada na próxima segunda na Praça Pasteur

A ação de descentralização dos serviços do Procon será mais uma vez levada aos bairros na segunda-feira (26.03). A Praça Pasteur, no Castelânea, recebe a equipe do órgão de 13 às 17h para recolhendo as reclamações, tirando dúvidas e dando os encaminhamentos aos casos inerentes às relações de consumo. Moradores do bairro podem e devem comparecer à tenda que será montada na Praça para o atendimento do órgão.

“Descentralizar os serviços é, sem dúvida, essencial para oportunizar que toda a população consiga realizar suas reclamações de maneira mais cômodo. Nossa intenção é sempre promover ações como esta”, Sabrá.

Para realizar uma relação contra alguma empresa é necessário ter em mãos a carteira de identidade, CPG, nota fiscal ou ordem de serviço quando se tratar de problemas com garantia de produtos. Se o problema for relacionado à prestação de serviços como luz, água, gás, telefone (fixa ou móvel), assinatura de TV, entre outros, é necessário leva a conta atualizada comprovando a assinatura – independente da conta estar ou não paga. Em casos de plano de saúde, por exemplo, é necessário levar a carteira do plano e o contrato.

A unidade do Procon funciona na Rua Dr. Moreira da Fonseca 33, no Centro, ao lado da Câmara dos Vereadores. Os telefones para contato são o 2246-8469 / 8470/ 8471 / 8472 / 8473 / 8474 / 8475 / 8476 e 8477. Há, ainda, a unidade de Itaipava, que fica na Estrada União e Indústria 11.860, no Centro de Cidadania. Os usuários também têm como opção o WhatsApp Denúncia pelo 92257-5837 e o site www.petropolis.rj.gov.br/procon e o serviço de mensagens da página Procon Petrópolis no Facebook.