Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

Alexandre de Moraes nega pedido de Witzel para suspender processo de impeachment

Ministro do STF afirmou que denúncia foi 'delimitada de forma clara'.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes considerou “improcedente” o novo pedido apresentado pela defesa de Wilson Witzel (PSC) para paralisar o julgamento que pode levar ao impeachment do governador afastado do Rio de Janeiro. A decisão ocorreu nesta segunda-feira (19).

Witzel argumentava que o Tribunal Especial Misto do Rio de Janeiro deu seguimento ao processo sem que a acusação apresentasse o “libelo acusatório, ou seja, uma definição clara dos crimes cometidos por ele.

Moraes afirmou que o “o rito procedimental relativo a processos semelhantes ao de Witzel não inclui a necessidade de apresentação de libelo acusatório” e que a denúncia contra Witzel foi delimitada “de forma clara e objetiva” em outros momentos.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também