Alerta: Petropolitanos caem em golpe do whatsapp clonado

O novo golpe, praticado por criminosos, resultou em um depósito de R$ 830

Bastou uma ligação para confirmar alguns dados pessoais, para o auxiliar administrativo Lucas Henrique Braga, de 24 anos, ter sua conta no WhatsApp invadida. O novo golpe, praticado por criminosos, resultou em um depósito de R$ 830 em Petrópolis. As vítimas são moradoras dos bairros Corrêas e Itaipava.

O caso aconteceu ontem (23), por volta das 17h30, quando Lucas, que é morador do bairro Miguel Couto, em Nova Iguaçu, recebeu uma ligação de Petrópolis, pedindo informações pessoais para atualização de um cadastro. Sem perceber que estava sendo vítima de um golpe, o jovem enviou um código de verificação, sendo imediatamente hackeado.

“Foi tudo muito rápido. Perdi na hora o acesso aos dados do celular. Não conseguia fazer mais nada”, relatou.

Utilizando o celular de um amigo, Lucas enviou uma mensagem para o próprio WhatsApp, sendo respondido. Na ocasião, os bandidos já solicitavam dinheiro, se passando por ele. “Nesse meio tempo, os golpistas já tinham feito uma vítima em Petrópolis. Meu amigo depositou R$ 830 na conta que eles passaram”, contou.

Ainda tentando restaurar o aplicativo, uma tia, moradora de Itaipava, entrou em contato com Lucas dizendo que havia se enrolado ao depositar a quantia de R$ 1 mil. “Ela me ligou pra tirar uma dúvida, e eu tive que rapidamente informar que era golpe. Outros amigos e familiares quase caíram também”.

A ação criminosa foi terminada quatro horas depois, no momento em que a vítima conseguiu reinstalar o aplicativo. O caso foi registrado na delegacia.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também