Foto: ANS/Divulgação

Alerta | Conheça os seis medicamentos que mais prejudicam os seus rins

Antibióticos e anti-inflamatórios estão na lista
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Você sabia que os rins são os principais órgãos responsáveis pela filtração e eliminação de substâncias que circulam no nosso sangue? E que a maioria dos medicamentos que tomamos passam por eles? Os pontos foram abordados por um cardiologista e especialista em marca-passo. Segundo ele, por serem responsáveis por essa “limpeza” no sangue, muitas vezes os rins sofrem com os efeitos de algumas substâncias ingeridas. Dentre elas, estão medicamentos que são usados com frequência na medicina. Alguns que podem causar lesões renais se usados de forma indevida.

Veja a lista abaixo:

1- Antibióticos

“Alguns antibióticos têm metabolização renal. Quando usados em excesso, ou em pacientes com insuficiência renal, elas podem ser e causar lesões no tecido renal. Por isso é importante que essas medicações sejam utilizadas somente com indicação precisa de um médico, evitando assim os riscos da automedicação”, falou.

2- Remédios para Gastrite e Azia

“O uso prolongado de medicamentos, como o Omeprazol, por exemplo, também podem levar a danos nos rins. Houve um grande estudo, com cerca de 170 mil pessoas, que tomavam alguns desses medicamentos e alguns tiveram um declínio da função renal quando os utilizaram em longo prazo. Mas prestem atenção: em alguns casos, esses medicamentos são essenciais para quem tem úlcera, ou refluxo severo. Por isso, repito, só tomem medicamentos mediante orientação médica”, disse.

3- Contraste iodado

“Sabe aquele contraste de exame radiológico? Usados, por exemplo, na tomografia? Importante para destacar áreas do corpo que estão sendo examinadas? Elas também quando usadas indevidamente, podem levar a problemas renais. Sendo assim, os pacientes com insuficiência renal devem evitar ao máximo o uso de contraste em exames radiológicos”, alertou.

4- Antipsicóticos

“Principalmente os chamados de antipsicóticos atípicos, podem causar lesões nos rins, sobretudo quando utilizado de forma exagerada, acima das doses normais. Um estudo de 2014, com mais de 200 mil pessoas com idades acima dos 64 anos, mostrou que quem toma medicamentos como a Quetiapina, por exemplo, tiveram risco maior de ter lesão renal, quando comparados a pessoas que não usaram esse medicamento”, falou.

5- Laxantes

“O uso exagerado de laxantes leva a perda de sais minerais e por isso podem também causar lesões renais. Para algumas pessoas laxantes podem ser seguros, mas para quem já possui um mal funcionamento dos rins, ou os idosos, devem evitar uso de laxantes por períodos prolongados. Canso de ver pacientes exagerando no uso desse tipo de remédio, e sem orientação médica, e depois sofrendo com o uso indevido desse tipo de medicamento”, lamentou.

6- Anti-inflamatórios

“Pensou em medicamentos que fazem mal aos rins, esse grupo vem em primeiro lugar. Esses são os que mais afetam esse órgão. Os anti-inflamatórios possuem risco aumentado de causar falência renal aguda e crônica também. Pacientes que fazem uso desses medicamentos por tempo prolongado podem evoluir até para insuficiência renal terminal, tendo que se submeter no final à diálise por conta desses danos irreversíveis aos rins”, finalizou.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.