Alerj aprova seguro de vida para profissionais da saúde e segurança durante a pandemia Estão incluídos no projeto profissionais de saúde, policiais civis e militares, bombeiros militares, inspetores e agentes penitenciários e agentes de segurança socioeducativos.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Mais expostos ao risco de contaminação pelo novo coronavírus, os profissionais da área de saúde e segurança pública poderão ter o benefício de apólice de seguro de vida durante a vigência do decreto de calamidade pública decorrente da Covid-19 no Estado do Rio de Janeiro. Essa é a proposta do Projeto de Lei 2265/2020, da deputada Rosane Felix (PSD), que foi aprovado pela Assembleia Legislativa (Alerj) em regime de urgência, nesta quarta-feira (06/05), em votação por videoconferência. A proposta segue para avaliação do governador Wilson Witzel, que tem 15 dias para sancionar ou vetar.

Estão incluídos no projeto profissionais de saúde, policiais civis e militares, bombeiros militares, inspetores e agentes penitenciários e agentes de segurança socioeducativos.

Ainda de acordo com a proposta, o Poder Executivo fica autorizado a realizar as contratações de seguro de vida, e as despesas decorrentes da execução da lei ocorrerão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

“Precisamos recompensar a vocação e profissionalismo dos trabalhadores da saúde e segurança. É importante o governo estadual providenciar seguro de vida para proporcionar um pouco mais de tranquilidade aos trabalhadores que estão na linha de frente, colocando suas vidas em risco para cuidar e salvar a sociedade”, justifica a deputada Rosane Felix.

Fonte: Alerj

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.