Ainda há vagas nas escolas que oferecem educação em tempo integral

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

São 15 unidades educacionais com atendimento diferenciado

Acesso a atividades esportivas e culturais diversificadas além do reforço em Língua Portuguesa e Matemática. Esses são diferenciais que o atendimento em tempo integral oferece para mais de 1600 alunos da rede municipal de Educação. O número de escolas que oferecem esse tipo de atendimento vem crescendo: em 2016 eram 4 escolas. Nesse ano, a oferta de ensino integral deu um salto: já são 15 escolas com atendimento integral e a boa notícia é que ainda há vagas para essas unidades. Os pais ou responsáveis que desejarem mais informações sobre as vagas e o atendimento nessas escolas podem procurar atendimento no Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação.

O atendimento integral segue o Programa Integrado de Atendimento à Criança – PIAC – que surgiu com o intuito de atender as demandas da Meta 6 do PME (Plano Municipal de Educação) e PNE (Plano Nacional de Educação). Segundo o PNE, até 2025 pelo menos 50% dos alunos da rede precisam estar em escolas de tempo integral.

“O aumento na oferta da educação integral coloca Petrópolis no caminho certo, seguindo as metas tanto do Plano Nacional de Educação, quanto do Plano Municipal de Educação. Passando mais tempo na escola o aluno tem acesso a oficinas diferenciadas, mais alimentação balanceada e o reforço em Língua Portuguesa e Matemática, outro diferencial da educação em tempo integral. O poder público acompanha de perto o trabalho diferenciado que é realizado nessas escolas e planeja aumentar esse número no próximo ano”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

O prefeito salienta ainda a segurança para os pais. “Ao saberem que os filhos estão sendo atendidos integralmente nas escolas, os responsáveis ficam mais tranquilos porque sabem que os alunos estão em um ambiente seguro”.

As escolas que atendem integralmente tiveram a oportunidade de escolher os eixos de trabalho desenvolvidos nas oficinas. Todas as escolas elaboraram um plano de trabalho e as ações são avaliadas periodicamente pela Secretaria de Educação.

“Ao participar de oficinas diferenciadas os alunos passam a ter mais atenção nas aulas, as relações de amizade são fortalecidas e o vínculo com a comunidade escolar também fica mais forte. Conseguimos perceber os reflexos positivos no desenvolvimento pedagógicos dos alunos que são atendidos integralmente”, afirma a secretária de Educação, Marcia Palma.

As oficinas oferecidas nas escolas em tempo integral são diversificadas como: Orientação de Estudos (Linguagem e Matemática); Iniciação Científica (Pedagogia de Projetos); Teatro; Recreação, Jogos e Contestes; Artes; Informática; Inglês; Musicalidade; Literatura e Corpo e Movimento.

“É importante destacar que os monitores que atuam nas unidades passaram por um processo seletivo de cinco etapas e participam dos programas de formação coletiva promovidos pela Secretaria de Educação ao longo do ano”, acrescentou Marcia Palma.

Passaram a atender de forma integral em 2019 as escolas: EM Johan Noel – 4º p até o 3º ano do fundamental; EM Luiz Carlos Soares (Morin) – 4º período ao 3º ano do ensino fundamental; EM Senador Mário Martins (Caxambu) – do 4° período da educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental; EM Monsenhor CirilloCalaon (Jardim Salvador) – 1° período da educação infantil até o 3° ano do ensino fundamental e EM Magdalena Tagliaferro (Castelo São Manoel) – do 4° período da educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental.

Além das cinco novas escolas que passaram a atender de forma integral em 2019, já oferecem esse tipo de atendimento as unidades escolares: Ana Mohammad (Sargento Boening), Soroptimista (Pedras Brancas), Leonardo Boff (Duarte da Silveira / Contorno), Colégio Gunnar Vingren (Valparaíso), Professor Nilton São Thiago (Nogueira), São Francisco de Assis (Moinho Preto), São João Batista (Duarte da Silveira), Dom Pedro de Alcântara (BR-040). Além dessas, duas escolas oferecem atendimento integral a partir de projetos distintos: Escola Santo Antônio do Vale do Cuiabá / Padre Quinha e o Centro Educacional Comunidade São Jorge.

Os pais que quiserem informações sobre o funcionamento das escolas que funcionam integralmente podem procurar o Departamento de Inspeção Escolar na Secretaria de Educação, no prédio Frei Memória – Rua da Imperatriz, nº 193. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h30. O telefone do setor é o 2246-8675.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.