O Grupo Globo anunciou nesta quinta-feira (2) que não renovará o contrato do autor Aguinaldo Silva. A empresa informa que ele não tem novas obras previstas.

“Ao longo dos mais de 40 anos dessa parceria de sucesso, foram mais de 20 trabalhos em conjunto, entre os quais Império, que ganhou o Emmy Internacional de Melhor Novela em 2014”, anuncia o texto.

Aguinaldo Silva escreveu 14 títulos da emissora: Partido Alto (1984), O Outro (1987), Vale Tudo (1988), Tieta (1989), Pedra Sobre Pedra (1992), Fera Ferida (1993, A Indomada (1997), Suave Veneno (1999), Porto dos Milagres (2001), Senhora do Destino (2004), Duas Caras (2007), Fina Estampa (2011), Império (2014) e O Sétimo Guardião (2018).

O dramaturgo ainda é coautor e supervisor em obras importantes, como Roque Santeiro (1985) e Meu Bem Querer (1998). Sua última novela na Globo, O Sétimo Guardião (2018), foi alvo de inúmeras críticas. A situação com a emissora piorou quando o autor foi cobrado por mudanças na trama e se recusou a alterar sua história. O desgaste com a instituição seguiu ao longo de 2019 com mais polêmicas nos bastidores.

 

Crédito da foto: Reprodução da internet