Agronegócio: saldo da Balança Comercial Paulista sobe 2,8% O déficit do comércio exterior paulista só não foi bem maior devido ao desempenho do agronegócio estadual

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Por Nara Guimarães

 

De janeiro a agosto de 2017, as exportações do Estado de São Paulo somaram US$ 33,54 bilhões (23% do total nacional), e as importações, US$ 35,67 bilhões (36,5% do total nacional), registrando um déficit de US$ 2,13 bilhões. Em relação ao mesmo período de 2016, o valor das exportações paulistas aumentou 10,5%, e o das importações, 4,8%, reduzindo o déficit comercial em 42%, informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA). O agronegócio apresentou exportações crescentes (+4,8%), atingindo US$ 12,61 bilhões; as importações também subiram (+11,2%), somando US$ 3,27 bilhões, resultando em um superávit de 2,8% no saldo comercial em relação aos oitos primeiros meses de 2016, atingindo US$ 9,34 bilhões.

Os pesquisadores Marli Mascarenhas Oliveira e José Roberto Vicente destacam que o déficit do comércio exterior paulista só não foi bem maior devido ao desempenho do agronegócio estadual, cujo saldo se manteve positivo e crescente.

 

Cenário nacional

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 48,10 bilhões, no período analisado, com exportações de US$ 145,94 bilhões e importações de US$ 98,84 bilhões. De janeiro a agosto de 2017, as exportações do agronegócio brasileiro aumentaram 8,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo US$65,43 bilhões (44,8% do total). Já as importações do setor cresceram 12,5%, somando US$ 9,54 bilhões (9,8% do total). O superávit do agronegócio foi de US$ 55,89 bilhões, sendo 7,6% superior ao do mesmo período no ano passado.

Em relação ao agronegócio brasileiro, as exportações setoriais de São Paulo de representaram 19,3%, percentual negativo em relação aos oito primeiros meses de 2016 (-0,6%), enquanto as importações representaram 34,3%, percentual inferior ao verificado no ano passado (-0,4 ponto percentual), afirmam os pesquisadores.

Para ler o artigo na íntegra e consultar as tabelas e gráficos, clique aqui.

 

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.