Este ano acontece a segunda edição do movimento #MúltiplasRazões, em prol da esclerose múltipla que atinge aproximadamente 35 mil brasileiros.

Segundo a organização deste movimento, três em cada quatro pacientes são mulheres e geralmente estão na faixa etária mais ativa da vida (20 a 40 anos), e que, por terem pouco conhecimento, não reconhecem os sintomas.

A doença é autoimune, afeta o cérebro, nervos ópticos e a medula espinhal (sistema nervoso central). Isso acontece porque o sistema imunológico do corpo humano confunde células saudáveis com “intrusas”, causando lesões no paciente.

A partir de 15 de agosto, as cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Porto Alegre e Belo Horizonte receberão ações que visam conscientizar a população sobre os sintomas da doença, para proporcionar menos preconceito e diagnóstico precoce.

O objetivo desta inciativa é estimular o apoio as pessoas que sofrem com a doença e incentivar o debate sobre sintomas, diagnóstico e tratamento.

O movimento conta com o apoio de algumas ONG’s e de especialistas sobre o assunto. Conheça mais sobre a campanha acessando o site: www.multiplasrazoes.com.br.

Por: Gabriel Malheiros

 

Fonte: Multiplas Razões