Viver muito não é para quem quer. É para quem pode. E isto, foge ao nosso controle. Por mais que hesitemos em admitir, é evidente que a natureza é injusta. Uns vêm para ficar cem anos; outros morrem de câncer antes de ir para a escola. Como não nos é dado o privilégio de escolhermos os pais e determinarmos nossa genética, só podemos contar com um caminho para a fonte da juventude: a sabedoria humana.

Nos é dada a chance de decidirmos como queremos envelhecer. A Medicina evoluiu muito. E evolui a cada dia. A ciência aliada à tecnologia nos oportuniza retardar e até mesmo reverter diversos sinais de envelhecimento. E a máxima, quanto mais cedo começarmos a prevenir o envelhecimento, mais tarde sentiremos os seus efeitos, se aplica.

A área de Estética Médica avança diariamente contra esta determinação da natureza. Mas de fato, não somos – e nunca seremos- superiores ou mais sábios do que ela. Sempre tenho esta conversa com meus pacientes. É extremamente necessário que saibamos admitir que envelhecemos sim! É necessário que conheçamos o inimigo (envelhecimento) para que saibamos quais armas usaremos contra ele. E estrategicamente, como o venceremos. É tudo uma questão de estratégia.

É muito comum receber no consultório pacientes para uma avaliação global da face. Cada indivíduo apresenta uma forma peculiar de envelhecimento e é por isso que o rejuvenescimento facial deve ser totalmente personalizado, sendo fundamental, em alguns casos a ordem de realização dos procedimentos.  A alteração mais evidente é a acentuação das linhas dinâmicas musculares, para isso o tratamento de escolha é o botox, que pode ser utilizado tanto na parte superior quanto inferior do rosto. Entretanto a musculatura só provoca essas rugas porque a pele sofre uma atrofia (afinamento) de suas camadas, aspecto que é muito bem trabalhado com a utilização dos diversos tipos de LASERS e do mais recentemente comentado microagulhamento robótico (também conhecido como Radiofrequência Microagulhada).

A hidratação profunda de toda a face, com medicações injetáveis à base de ácido hialurônico intensificam e complementam o efeito dos procedimentos anteriores. A perda de volume pode comprometer o equilíbrio facial, porém o preenchimento é um excelente aliado para o embelezamento facial, onde pode-se inclusive lançar mão da consagrada e eficaz técnica MD CODES. Sempre digo aos meus pacientes que “A Fórmula da Beleza está na Beleza das Formas”.

Um face bem definida denota jovialidade. Contornos bem desenhados, simetrias ou assimetrias elegantemente conduzidas resultam em um rosto digno de admiração. O maior desafio? A naturalidade. Muitos pacientes em busca de uma mandíbula bem marcada, do zigomático (maçã do rosto) bem projetado ou dos lábios muito carnudos, são atraídos por uma perspectiva ilusória de que “quanto mais marcado, melhor”. A linha que divide o belo do estranho é muito tênue. E temos sim, na maioria das vezes, uma visão não-fidedigna de nós mesmos. Na minha opinião, é neste momento, que se faz importante a presença de um Médico de sua plena confiança.

O Médico que atua na área de Estética deve ser um profundo conhecedor da Beleza e suas diversas formas de apresentação, além é claro, de ser um estudioso e profundo conhecedor de anatomia e fisiologia de todo o corpo humano. Afinal, cabeça e corpo são um uníssono e não podemos tratá-los separadamente. O profissional deve ser um visagista nato. Dominar luzes e sombras da face. Tem, definitivamente, que ser – muito – bom no que ele faz. Na verdade, tem que ser o melhor.

E um segredo, talvez o mais difícil de tudo: ter uma excelente relação “médico-paciente”, na qual ele ditará o que é melhor para o seu paciente, e este, confiante no profissional que elegeu se beneficiará dos avanços nas técnicas de remodelação e definição facial, com naturalidade, é claro. Mas esta, é apenas a minha opinião. A naturalidade, é o objetivo da minha técnica. Não quer dizer que seja o correto. É uma questão de escolha. Escolha de técnica, de segurança, de profissional, enfim, de resultado.

 

Texto: Dra. Fernanda Nichelle – Medicina da Beleza

CREMERS 36168

CREMESP 154072

 

Crédito da foto: Reprodução da Internet