Marcello Casal/Agência Brasil

83 vagas de emprego estão disponíveis na Região Serrana do RJ

Entre elas, 32 vagas para vendedor, 30 para a área da construção, entre outras.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Estado de Trabalho e Renda (Setrab) divulga 365 oportunidades para as regiões Metropolitana, Médio Paraíba, Baixadas Litorâneas e Serrana essa semana.  As oportunidades são oferecidas pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), analisa comparativamente o perfil profissional de cada candidato cadastrado com o da vaga disponibilizada pela contratante.

É importante que o cidadão mantenha o seu cadastro atualizado. Para se inscrever ou atualizar o cadastro, é necessário ir a uma unidade levando seus documentos de identificação civil, carteira de trabalho e comprovante de residência. 

Vagas por região 

Na Região Metropolitana, são oferecidas 230 oportunidades. Entre as opções destacam-se 60 oportunidades para operador de telemarketing, tendo como pré-requisito ter o ensino médio completo. Além de 52 vagas para auxiliar operacional de logística, entre outras.  

Moradores da Região Serrana podem se candidatar a uma das 83 vagas oferecidas no local. Entre elas, 32 vagas para vendedor, 30 para a área da construção, entre outras. 

Na Região do Médio Paraíba estão sendo oferecidas 39 vagas. Entre as opções, existem dez vagas para garçom, dez para ajudante de cozinha, entre outras. Na Região das Baixadas Litorâneas estão sendo oferecidas 13 oportunidades de trabalho para as funções de auxiliar de limpeza e consultor de vendas. 

Cadastro 

Para consultar as oportunidades e as informações sobre remuneração e exigências de cada função, o candidato deve ser cadastrado no programa Sine e realizar a consulta de maneira presencial em uma unidade da rede ou através dos canais digitais: empregabrasil.mte.gov.br ou aplicativo Sine Fácil. O cadastro também pode ser realizado através do envio do currículo para o e-mail [email protected]. Pelo mesmo canal é possível esclarecer dúvidas.

Fonte: Governo do Estado

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.