Foto: Divulgação

4ª Semana Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça Restaurativa de Petrópolis começa amanhã (21) de forma on-line

Durante o evento, serão apresentados temas como a Mediação na América Latina, Mediação Desportiva, Justiça Restaurativa, Mediação em planejamento sucessório, A mediação no direito de família, etc.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Começa amanhã (21) a IV Semana Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça Restaurativa de Petrópolis. O evento on-line, promovido pelo programa Petrópolis da Paz, será transmitido pelo canal da Prefeitura de Petrópolis no Youtube (https://www.youtube.com/c/PrefeituradePetr%C3%B3polisOficial). A programação segue até o dia 30, quinta-feira, com a participação de diversos profissionais renomados da área no Brasil e no mundo.

A abertura do evento será às 19h com a participação do prefeito Hingo Hammes, da coordenadora do Petrópolis da Paz, Elsie Elen Carvalho, e da coordenadora Especial de Articulação Institucional, Fernanda Ferreira. Na sequência, às 20h, o procurador Geral do município, Fabio Alves, que vai falar sobre Mediação na administração pública. Serão mais de 20 profissionais envolvidos com a programação até o dia 30.

“Esse é um evento que coloca Petrópolis como centro da mediação de conflitos em todo o mundo. Saímos da vertente da justiça tradicional, buscando a transformação e a pacificação social. Nossa cidade é pioneira no Brasil que trabalha com Mediação Escolar, Justiça Restaurativa e Mediação Comunitária. Agradecemos ao prefeito Hingo Hammes pela continuidade do programa na sua gestão, que já foi agraciado com o Prêmio Cultura da Paz, concedido pela OAB-RJ, e concorre também ao Innovare, premiação de nível nacional”, destacou a coordenadora do programa Petrópolis da Paz, Elsie Elen Carvalho.

Durante o evento, serão apresentados temas como a Mediação na América Latina, Mediação Desportiva, Justiça Restaurativa, Mediação em planejamento sucessório, A mediação no direito de família, Violência doméstica, Mediação no Brasil, entre outros. Além dos brasileiros, participam profissionais de países como a Argentina, Espanha e Portugal.

Programação completa da IV Semana Internacional de Mediação de Conflitos e Justiça Restaurativa de Petrópolis:

21/09

19h

Abertura

Hingo Hammes, Elsie Elen Loureiro de Carvalho, Fernanda Ferreira

20h

Fábio Alves Ferreira

Mediação na administração pública

22/09

16h

Ricardo Ariel Riva

Mediação na América Latina

18h

Klever Paulo Leal Filpo

Mediação Judicial ou Extrajudicial? Reflexões a partir de uma perspectiva empírica

20h

Adolfo Braga Neto

Mediação e administração pública: desafios e vantagens

23/09

18h

Leoberto Narciso Brancher

Justiça Restaurativa: uma trajetória em Caxias do Sul

20h

Eduardo Antonio Aciem

Benefícios do Pensamento Sistêmico na Mediação de Conflitos.

24/09

16h

Maria Dolores Hernandez

Lançamento do livro: ?Qué le dice la liebre al soldadito de plomo?

18h

Cristiano Augusto Nogueira

A mediação no direito de família

20h

Rovena Lopes Paranhos

Mediação e psicologia: um encontro nobre

25/09

16h

Nuria Calvo Boizas

Mediação Desportiva

18h

Solon Michalski

A mediação junto da Lei do Superendividamento

26/09

16h

Luciana Asper y Valdes

Projeto na moral: o combate à corrupção começa na escola

18h

Sávio Cesar Reis

Violência doméstica

27/09

16h

Adriana Almeida Souza

Escuta ativa: acolhimento pedagógico em atenção, cuidado e carinho

28/09

14h

Juliana Loss de Andrade

Mediação no Brasil

16h

Luísa Tavares

Justiça Restaurativa

18h

Yulli Rotter Maia

A paz é uma responsabilidade de cada pessoa

29/09

18h

Lívia de Barros Lima

Mediação em planejamento sucessório

20h

Moacyra Verônica C. R.

A Mediação como protagonista de uma jornada a caminho de uma Justiça mais humanizada

30/09

16h

Célia Nóbrega dos Reis

A jornada do mediador – o autoconhecimento e o mindset como ferramentas “fora da caixa”

20h

Flávia Moreira Guimarães

A atuação do Conselho Nacional de Justiça na democratização do acesso à justiça

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.