Foto: MPT

31 pessoas que foram escravizadas em fazendas de Minas Gerais são resgatadas

Os trabalhadores eram forçados a exercer seus serviços em locais precários, sem banheiro, água potável, equipamentos de proteção individual e outras garantias mínimas de trabalho.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Após uma ação realizada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), 31 trabalhadores em situação de escravidão que estavam atuando em fazendas de café em Minas Gerais foram resgatados. Entre os trabalhadores, haviam 4 adolescentes não tinham permissão necessária para exercer os serviços, nem idade mínima para trabalhar.

Os trabalhadores eram forçados a exercer seus serviços em locais precários, sem banheiro, água potável, equipamentos de proteção individual e outras garantias mínimas de trabalho digno.

Parte das pessoas que estavam em situação de escravidão, já receberam uma verba indenizatória e após o resgate, foram encaminhados para a realização de exames para que fosse verificado seus estados de saúde.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.