Festa feita para os petropolitanos, a 29ª Expo Agropecuária, que acontece até domingo (06.05), no Parque Municipal, em Itaipava, também vem atraindo turistas. Para assistir os shows, curtir o evento ou acompanhar as exposições de cavalos, os visitantes têm deixado alguns hotéis da região lotados e movimentado o comércio. No feriadão do Dia do Trabalhador, de 28 de abril a 1º de maio – dia da abertura dos shows da festa, a cidade registrou 78,5% de ocupação hoteleira. E, para o próximo fim de semana, alguns hotéis já registram 100% de ocupação em Itaipava.

“O turista traz receita para a cidade, movimenta a economia. Por isso, sempre valorizamos o setor. As festas são um atrativo a mais para o visitante. É uma oportunidade de que eles permaneçam ainda mais tempo aqui”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Na Expo deste ano, a infinidade de atividades no parque, como as feiras de produtores rural, a feira de frutas exóticas do Mercado Municipal de São Paulo, o artesanato, o parque de diversões, além dos shows e das praças de alimentação vem atraindo visitantes de diversas cidades. A família do militar Jonatas Crispim está entre os turistas. “Somos do Rio de Janeiro e ficamos sabendo sobre a festa pela internet. Já conhecíamos Petrópolis, mas só o Centro Histórico, e a festa nos motivou a conhecer a região de Itaipava. Viemos e adoramos”, explicou. “A festa foi uma surpresa pra nós, adoramos. As crianças nem querem ir embora”, completou a esposa, Karla Magalhães.

Além de movimentar a economia dentro do parque e no comércio da região, os hotéis também comemoram o movimento em Itaipava não só do público da festa, como dos trabalhadores que fazem o evento acontecer e dos criadores de cavalos, empresários e funcionários dos haras que participam das exposições de equinos. Segundo o proprietário do Itaipava Cama e Café, a festa traz retorno para o trade. “Estamos com 100% de ocupação no hotel para o fim de semana, a maioria com hóspedes que vieram para o evento. Se tivéssemos mais quartos, acredito que estariam completos também. A festa tem um retorno muito favorável”, explica.

Para o secretário da Turispetro, Marcelo Valente, todas as festas da cidade, mesmo as menos turísticas, ajudam a movimentar a economia do município. “Qualquer atrativo a mais em Petrópolis chama a atenção, principalmente de pessoas que vêm de cidades próximas, como Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Niterói, Juiz de Fora. E com cada vez mais atrativos, esses visitantes que vêm e voltam no mesmo dia podem pensar em ficar na cidade, permanecer por mais um ou dois dias. E Expo é um exemplo disso”, frisa.

Ponto alto do evento, as exposições de cavalos também ajudaram a trazer visitantes de diversos estados do país para Petrópolis. Participaram dos eventos haras da Bahia, de São Paulo, Minas Gerais, entre outros. O criador Francisco Garcia, que é de Conservatória, explica que o sucesso das exposições de cavalo em Itaipava se dá pelo que a região oferece. “Normalmente, participamos de exposições que acontecem distantes dos centros comerciais, na área rural, a 7, 8 quilômetros de distância, e ficamos ‘presos’ lá. Aqui não, nós temos o comércio do lado, shoppings, e diversos hotéis”, explicou.

 

Fonte: Turispetro

Crédito da foto: Edgar Pujol