13 de maio: 4 livros para conhecer a verdadeira história dos negros no Brasil

Leituras são indicadas por Doutorando em Literaturas Africanas e Coordenador do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas da Estácio.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O dia 13 de maio é o marco nacional da Abolição da Escravatura. Nesta data, em 1888, foi homologada a Lei Áurea, que determinou a liberdade para os povos negros. Porém, o coordenador do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas da Estácio, Paulo Sergio Gonçalves, afirma que a verdadeira história por trás desse ato ainda é pouco conhecida ou explorada, e a data deve ser vista de forma crítica.

“Precisamos entender que essa data representa a luta e resistência dos negros, não foi um ato de bondade da coroa portuguesa, o que muitas vezes se acredita pelo desconhecimento da História. E uma das formas de nos apropriarmos mais desse conhecimento é através da literatura, que nos traz obras marcantes para a compreensão da história e do contexto atual da população negra”, declara.

E para conhecer mais sobre a verdadeira história, luta e resistência do povo negro brasileiro, Gonçalves, que também é Doutorando em Literaturas Africanas, indica 4 livros fundamentais:

PALMARES “Escravidão e Liberdade no Atlântico Sul”, de Flávio Gomes – O livro retrata uma perspectiva histórica dos movimentos de resistência negra, tais como as fugas em massa e as formações dos quilombos e a organização deste ambiente.

POLÍTICAS DA RAÇA “Experiências e legados da abolição e da pós-emancipação no Brasil”, de Flávio Gomes e Petrônio Domingues (orgs) – Coletânea de artigos científicos que tratam da questão abolicionista, dos movimentos de migrações quilombolas e da condição do negro no pós-abolição no Brasil.

AFRICANOS LIVRES “A abolição do tráfico de escravos no Brasil”, de Beatriz G. Mamigonian – A obra retrata a confluência das histórias que envolvem a abolição da escravatura no Brasil.

HISTÓRIA DO NEGRO BRASILEIRO, de Clóvis Moura – O livro aborda a congruência da história do negro brasileiro em relação a formação do Brasil como nação.

Fonte: Divulgação

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Maligno e A Casa Sombria estreiam nesta quinta-feira na Rede Cinemaxx Petrópolis

Tomar a vacina contra a Covid-19 é uma demonstração de amor e cuidado consigo e com o próximo. Para incentivar, cada vez mais, as pessoas a se vacinarem, a Rede Cinemaxx traz promoções especiais. Quem apresentar a carteira de vacinação, na bilheteria de qualquer uma das unidades da Rede Cinemaxx, comprovando que tomou uma ou duas doses da vacina, vai ganhar um presente especial do Cinemaxx.

Comentários estão fechados.