Uma operação vem sendo realizada pelos policiais da 106ª Delegacia de Polícia em Petrópolis.  Nesta quarta-feira (22), na Barra da Tijuca e no Centro do Rio de Janeiro foram cumpridos  mandados de busca e apreensão de armas e munições vendidas irregularmente.

De acordo com a Polícia Civil, no primeiro endereço foram encontrados duas armas, uma delas raspada. A operação tem por base as investigações que vem sendo executadas a partir da prisão de um médico, em março desse ano, no distrito de Pedro do Rio. O médico de 62 anos é acusado de repassar armas depois de conseguir autorização para a posse.

O idoso foi preso em 11 de março, na sua casa em Petrópolis. Na residência foram apreendidas 13 armas e 110 munições. A prisão foi feita após um funcionário do médico denunciar que estava sendo ameaçado por ele, segundo a polícia.

A delegada Juliana Ziehe esclarece que o idoso é suspeito de vender irregularmente armas de fogo depois de conseguir autorização para a posse. Das 13 armas apreendidas, três não tinham registro.

Ainda na residência do médico a polícia flagrou 28 cães em situação de maus-tratos. De acordo com os policiais, eles estavam sem ração e subnutridos.