Fortalecendo as ações de prevenção e promoção de Saúde, a prefeitura promoverá na próxima quarta-feira (18.04), o 2º Encontro Petropolitano do Programa Saúde na Escola (PSE). A iniciativa fortalecerá a implantação das 12 metas preconizadas pelo Ministério da Saúde em 56 unidades públicas de ensino contemplando 10.112 alunos da rede. A expectativa é que 150 pessoas, entre diretoras de escolas e profissionais da Saúde participem do encontro, que será realizada na Escola Municipal Vereador José Fernandes da Silva, na Rua Teresa de 13 às 17h30.

Prioritariamente, a Secretaria de Saúde e de Educação pactuaram a implantação de quatro metas, sendo três delas por indicação do Ministério da Saúde: Combate ao mosquito Aedes aegypti, avaliação da saúde bucal e aplicação de flúor, promoção da alimentação saudável e prevenção da obesidade infantojuvenil e prática de atividades físicas e de lazer.

“Essa é mais uma conquista em benefício da saúde dos nossos estudantes. Ano passado o Ministério da Saúde reestruturou o programa e neste ano as ações transcorrerão a fim de levantarmos mais dados para traçarmos um diagnóstico da saúde das nossas crianças e adolescentes a fim de criar políticas públicas de prevenção e promoção de Saúde e melhorar a qualidade de ensino”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

O secretário de Saúde, Silmar Fortes, explica que as 56 escolas inseridas no programa foram divididas em seis regiões com cobertura de atendimentos dos Postos de Saúde da Família para potencializar as ações já desenvolvidas e proporcionar as vertentes das diretrizes do PSE.

“Nossas equipes da Estratégia de Saúde da Família já atuam nos territórios com ações de promoção em Saúde junto à comunidade. O PSE vem somar forças levando para escola desde cedo essa cultura de cuidados preventivos e de qualidade de vida. Priorizamos as ações nas escolas com cobertura dos postos para reforçarmos a indicação de acompanhamento pela equipe nos casos das crianças que apresentarem dificuldade de aprendizado por algum problema de saúde.”, avalia Silmar Fortes.

Durante todo ano as equipes de saúde das unidades de estratégia de saúde da família e a equipe pedagógica das escolas estabelecerão um cronograma de execução das metas em comum acordo. A secretária de Educação interina, Samea Ázara reforça que o programa irá contemplar 10.112 alunos da educação infantil ao segundo segmento do ensino fundamental.

“No seminário iremos propor oficinas para traçar metas e prazos de implantação das ações do programa. A expectativa é que no fim do ano possamos ter um cenário de como estão ocorrendo as ações de promoção e prevenção a saúde e o que precisamos avançar ou aprimorar”, disse.

O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas. Durante o processo de reestruturação do programa uma equipe técnica da educação junto a equipe da Saúde organizaram novos fluxos e protocolos de atividades do programa.

“Temos a meta de ampliar a cobertura do programa para outras escolas e equipes de saúde. Estamos em pleno processo de repactuação para alcançarmos esse objetivo. Além, claro, de continuar no processo de articulação de saberes em prol da educação e saúde pública de Petrópolis. Além das demais nove ações propostas pelo programa e mais duas que o município se propôs, uma em parceria com a Fiocruz e outra com a Educanvisa que está em processo de formalização“, afirma Nanci Barillo, encarregada da área técnica de Saúde na Escola.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis