Unimed Petrópolis registra treze notificações de suspeita de infecção

O hospital Unimed Petrópolis divulgou nesta quarta-feira (18), o número de casos suspeitos atendidos na unidade. Segundo o comunicado, treze notificações de suspeita de infecção foram registradas desde os primeiros casos serem identificados no Brasil.

Das treze notificações, onze casos tiveram altas para investigação e monitorização domiciliar pela Vigilância Epidemiológica do município e dois casos continuam internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para investigação de infecções virais que incluem, o COVID-19, H1N1 e outros vírus capazes de provocar doenças respiratórias graves.

De acordo com o comunicado, o hospital veio a se posicionar após repercussão nas redes sociais sobre a suspeita de infectados na unidade, informações que não estariam sendo divulgadas à população.

Diante dos fatos, o Hospital Unimed Petrópolis afirma que não há nenhuma confirmação de Infecção pelo COVID-19. “Todas as informações necessárias estão sendo passadas para a Vigilância Epidemiológica e Secretaria Municipal de Saúde devido a obrigação de notificação compulsória”, diz um trecho do comunicado.

 

Confira o comunicado na íntegra:

Posicionamento da Unimed Petrópolis sobre os casos suspeitos de Coronavírus – COVID-19

A Unimed Petrópolis se posiciona devido a publicação em mídias sociais (Facebook) e disseminados pelo WhatsApp de que haviam casos confirmados de Coronavírus (COVID-19) no Hospital Unimed Petrópolis e que tal fato não estaria sendo divulgado.

A Unimed Petrópolis, através da sua Comissão de Infecção Hospitalar e setor da Qualidade, informam que dentre os atendimentos realizados na Emergência desde a chegada dos primeiros casos de infecção de Coronavírus no Brasil e em especial no Estado do Rio de Janeiro, decorrentes da Pandemia mundial, temos até a presente data, 18 de março de 2020, treze notificações de suspeita de infecção. Sendo que destes, onze casos tiveram altas para investigação e monitorização domiciliar pela Vigilância Epidemiológica do município e dois casos estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para investigação de infecções virais que incluem, o COVID-19, H1N1 e outros vírus capazes de provocar doenças respiratórias graves.

Portanto, dos atendimentos e casos suspeitos advindos do Hospital Unimed Petrópolis, não há nenhuma confirmação de Infecção pelo COVID-19. Todas as informações necessárias estão sendo passadas para a Vigilância Epidemiológica e Secretaria Municipal de Saúde devido a obrigação de notificação compulsória.

A Unimed Petrópolis ratifica o seu compromisso com a saúde de seus beneficiários, seus Cooperados, suas equipes e toda a população de Petrópolis, por entender o seu papel dentro de um sistema de saúde plural frente aos desafios sérios enfrentados.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também