Foto: Bruno Nepomuceno

Teresópolis 130 Anos: Fonte Amélia é entregue revitalizada à população

Limpeza e pintura geral, recuperação de azulejos e da rede de captação de água foram alguns dos serviços realizados no patrimônio municipal, que faz parte do roteiro de visitação de turistas e moradores da cidade.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Totalmente revitalizada numa parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, e a iniciativa privada, através da Construtora Mauad, a Fonte Amélia, no bairro do Alto, foi entregue à população nesta sexta-feira (9). Limpeza e pintura geral, recuperação de azulejos e da rede de captação de água foram alguns dos serviços realizados no patrimônio municipal, que faz parte do roteiro de visitação de turistas e moradores da cidade.

“O grande destaque nesta iniciativa é a parceria público-privada, em que pessoas físicas e jurídicas podem e devem contribuir na recuperação de bens e oferta de serviços em benefício da população. O município tem um decreto que dá segurança jurídica a essa relação, além da lei da adoção de logradouros públicos”, destacou o Prefeito Vinicius Claussen. “Essa revitalização é um grande abraço à memória de Teresópolis, pois foi realizada mantendo toda a característica histórica da fonte. Isso é Teresópolis voltando a brilhar, resgatando os seus atrativos e criando condições de termos uma cidade melhor para todos”, avaliou o Prefeito, acompanhado de secretários e subsecretários municipais e dos vereadores Erika Marra e Paulinho Nogueira.  

Inaugurada em 8 de novembro de 1970 pelo Prefeito Waldir Barbosa Moreira, a Fonte Amélia está construída em área anexa ao empreendimento Reserva do Alto. “Desde que compramos o imóvel tínhamos em mente a preservação ambiental do terreno e a revitalização da Fonte Amélia, que recuperamos com todo cuidado às suas características. Ficamos muito felizes em entregá-la no mês de aniversário de Teresópolis”, relatou o empresário Luiz Felipe Mauad.

“É fundamental preservamos a história de Teresópolis através da revitalização da Fonte Amélia, que é mais um ponto de visitação turística e que agrega valor aos outros atrativos. Natureza e qualidade de vida são diferenciais que atraem visitantes à cidade”, avaliou o secretário municipal de Turismo, Maurício Weichert.  

“Teresópolis é conhecida como a cidade das fontes, cujas nascentes de águas são tombadas pela Lei Orgânica do Município. Muito bom ter sociedade, iniciativa privada e poder público unidos no resgate e na preservação do nosso patrimônio histórico e cultural”, assinalou a secretária municipal de Cultura, Cleo Jordão Rezende.

O empresário Rogério Presciliano de Souza, da Pousada Chamonix, aprovou a reforma. “Excelente a revitalização da Fonte Amélia. Parabenizo todos os envolvidos na restauração”.

Memória

Localizada na Rua Diogo José Ponciano, no bairro do Alto, a Fonte Amélia recebe esse nome em homenagem à portuguesa Amália, amiga do então Prefeito Waldir Barbosa Moreira e que costumava lavar roupa no local. “Dessa amizade surgiu a idéia de construir a fonte. É uma satisfação para a família ver essa reforma. Espero que ela seja preservada, em memória a quem deu nome a ela”, comentou Sonia Martyres Emílio, neta da portuguesa Amália e que acompanhou a reinauguração ao lado da irmã, Regina Martyres Emílio.

A servidora pública Helena Corsino relembrou sua infância. “O terreno do entorno da Fonte Amélia pertenceu ao meu avô, Augusto Corsino. Cresci nesse lugar e vi a Fonte Amélia surgir, tão bonita. Tenho boas lembranças daquela época e fico feliz em ver a fonte tão bonita”, comentou.

O Guia de turismo Henrique Silva trabalha no resgate da história da Fonte Amélia. “A fonte se formou porque a portuguesa dona Amália, que passou a ser chamada de Amélia ao chegar ao Brasil, vinha lavar roupa aqui. Estamos em contato com a família para termos acesso a fotografias de dona Amália. A ideia é fazer um levantamento da história das fontes de Teresópolis e disponibilizar no acervo da Casa da Memória Arthur Dalmasso, para que o público possa conhecer”, disse.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.