Sputnik V chegará ao Brasil e distribuição será no Nordeste

Devido o uso moderado da vacina, as aplicações destas doses não devem representar uma grande aceleração na imunização da região nordeste.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Esta previsto para chegar no estado de Pernambuco, dentro do prazo de uma semana, um lote com 1,1 milhão de doses do imunizante Sputnik V contra o novo Coronavírus. A vacina foi comprada pelo Consórcio Nordeste, e deve ser distribuído para outros estados da região, como Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

O imunizante ainda não teve sua autorização do uso emergencial ou definitivo pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entretanto, a entidade liberou a chegada das doses e recomendou uma vacinação controlada, com o auxílio de um estudo de eficácia acompanhando as pessoas que receberem o produto.

Uso controlado do imunizante

Devido o uso moderado da vacina, as aplicações destas doses não devem representar uma grande aceleração na imunização da região nordeste. Estados que pertencem a região Norte do Brasil, também importarão um lote de Sputnik V, contendo 600 mil doses, mas ainda sem previsão de chegada.

“Os benefícios podem superar os riscos na tomada de decisão e seguem no sentido de se aceitar a proposta do relator de aceitar as solicitações de importação excepcional”, explicou o presidente da agência, Antônio Barra Torres, durante a autorização da vacina Sputnik V

No Brasil, a vacina deverá ser produzida pela União Química, que vem tentando conseguir a liberação junto da Anvisa há alguns meses. O presidente da farmacêutica chegou a polemizar recentemente, alegando que o órgão estaria agindo contra imunizantes produzidos pela indústria privada.

Uma fábrica já foi montada na capital Brasília para a devida produção dos imunizantes. Com os resultados positivos no Nordeste, é provável que a Anvisa facilite a liberação do uso do produto. Ao todo, 68 países no Mundo já aplicam a Sputnik V em sua população.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.