Os palcos do Sesc Quitandinha estarão movimentados neste fim de semana. Dois espetáculos aclamados terão apresentações únicas: “Benjamin, Filho da Felicidade”, no Teatro Mecanizado, na sexta-feira (14/2), e “Clarice Lispector e Eu – O mundo não é chato”, no Café Concerto, sábado (15/2).  Ambos começam às 20h e têm ingressos a preços populares: R$ 2 (habilitados Sesc) e R$ 8. No domingo (16/2), a programação conta com “Estupendo Circo di SóLadies”, grátis, no entorno do lago.

Encenado pelo Grupo Cobaia Cênica, de Rio do Sul (SC), o texto de “Benjamin, Filho da Felicidade” foi contemplado pelo Prêmio Nodgi Pellizetti de Incentivo à Cultura 2016, dessa cidade catarinense. Com a distinção, a obra criada por Thiago Becker, que também vive o protagonista, teve as condições necessárias para que o projeto de montagem se concretizasse em parceria com o diretor carioca Ricardo Rocha.

O espetáculo traz ao palco a reflexão sobre a busca incessante da felicidade. Sua dramaturgia foi criada a partir das respostas a questionamentos feitos a pessoas de diversas idades: que os fazem felizes? Quais os momentos mais felizes das suas vidas? Como foram suas paixões? Encenada em formato de roda, tendo o público em volta, a peça lança à plateia esses questionamentos. Trata-se de um monólogo composto de sonhos, desafios, objetivos e detalhes que compõem e determinam a vida. Uma história contada através do encontro entre ator e público.

“Clarice Lispector e Eu – O mundo não é chato” consiste em uma reflexão amorosa sobre a vida. No espetáculo, a atriz Rita Elmôr mistura experiências pessoais com textos da escritora Clarice Lispector (1920-1977), fazendo com que a história de uma sirva para outra e que o público nem sempre saiba quem está falando. Esse mistério é parte da graça da montagem, que, como numa conversa entre amigos, convida o público a refletir sobre diversas situações cotidianas com um olhar inteligente e bem-humorado.

Para além da tentativa voluntaria de misturar histórias de vida de ambas as artistas – a intérprete e a interpretada –, a peça traz um fato curioso que liga a imagem das duas. Na primeira produção profissional da carreira de Rita Elmôr, em 1998, ela interpretava Clarice Lispector. A caracterização era feita pelo maquiador João Roberto Pereira (1944-2014), o famoso Gilles, que maquiou a escritora nos seus últimos anos de vida. O resultado é que Elmôr ficava tão parecida com a personagem que as fotos de divulgação da peça, desde então e até agora, são frequentemente utilizadas como imagens da própria Clarice.

DOMINGO NO LAGO – No domingo (16/2), o gramado do Lago Quitandinha  recebe outra atração de artes cênicas, desta vez às 11h e gratuito: “Estupendo Circo di SóLadies”. O grupo formado por mulheres palhaças, atrizes e musicistas misturam cenas clássicas do circo tradicional e músicas e contos de fadas, alertando para igualdade de gênero e valorizando o poder feminino.

No enredo, duas palhaças decidem criar seu próprio circo e rodar pelo mundo após se cansarem dos mandos e desmandos dos seus patrões. De forma leve e divertida, a dupla explora esquetes clássicas do circo tradicional, música e poesia, sempre interagindo com a plateia. Por meio do espetáculo, crianças, jovens e adultos entram em contato com o universo feminino em sua trajetória cômica.

 

SERVIÇO

Teatro no Sesc Quitandinha

Avenida Joaquim Rolla 2 – Quitandinha – Petrópolis/RJ

 

“Benjamin, Filho da Felicidade”

Teatro Mecanizado

Dia 14/02 – 20h

Ingressos*:  R$8, R$4 (meia-entrada) e R$2 (habilitado Sesc) |PCG: Grátis

Classificação: Livre

 

“Clarice Lispector e Eu – O mundo não é chato

Café Concerto

Dia 15/02 – 20h

Ingressos*:  R$8, R$4 (meia-entrada) e R$2 (habilitado Sesc) |PCG: Grátis

Classificação: 14 anos

 

Estupendo Circo di SóLadies”

Lago Quitandinha

Dia 16/02 – 11h

Grátis

Livre

 

*Desconto de 50% no valor do ingresso, mediante a doação de 1kg de alimento não perecível, ao programa Mesa Brasil.            

Crédito da foto: Danilo Ferrara