Saiba as consequências para os eleitores que não votam e nem justificam a ausência

O eleitor que não votar e nem justificar ausência sofrerá algumas consequências que podem afetar sua vida pessoal.

O prazo de justificativa para os eleitores que não compareceram às urnas termina nesta quinta-feira (14). O eleitor que não votar e nem justificar ausência sofrerá algumas consequências que podem afetar sua vida pessoal.

As principais consequências são a impossibilidade de se inscrever em concurso ou realizar prova para cargo ou função pública, investir-se ou empossar-se neles. Também pode haver a suspensão de vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público.

Além disso, também fica impedido de participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, do Distrito Federal ou dos municípios e não pode obter a certidão de quitação eleitoral, nem passaporte.

A justificativa deve ser realizada de forma remota, por meio do Sistema Justifica, disponível nos sites do TRE-RJ (www.tre-rj.jus.br) e do TSE (www.tse.jus.br), ou pelo aplicativo e-Título, disponível para download gratuito nas lojas Google Play e Apple Store.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também