Foto: Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Petrópolis

Rodoviários ameaçam paralisação por atraso de pagamento

As empresas Petro Ita e Cascatinha garantem que vão realizar o pagamento até amanhã (30) e que 80% da folha já foi paga integralmente.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Funcionários da área interna das empresas Petro Ita e Cascatinha encaminharam na manhã de hoje (29), uma denúncia ao Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários sobre o atraso no pagamento dos vales, referentes à parcela de 40% dos salários. De acordo com a Convenção Coletiva de 2019, que ainda está em vigência, o repasse do vale deve ser feito até o dia 25 de cada mês.

Segundo a denúncia, as empresas descumprem prazos acordados com frequência, deixando seus funcionários sem previsão de recebimento. Sendo assim, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Petrópolis entende que respostas claras devem ser dadas rapidamente pelas empresas, caso contrário, uma paralisação seria necessária.

As empresas Petro Ita e Cascatinha garantem que vão realizar o pagamento até amanhã (30) e que 80% da folha já foi paga integralmente. Em comunicado, ainda afirmam que e seguem mantendo a operação normalmente e não medem esforços para cumprir com todos os compromissos, mesmo com o agravamento da crise econômica e financeira provocada pela pandemia.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.