Rio de Janeiro - O prefeito Eduardo Paes participa da campanha Blocos de Rua Unidos Pelo Distanciamento, que lança uma camisa para conscientizar contra aglomeração e ajudar financeiramente trabalhadores devido ao cancelamento do Carnaval 2021. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

Rio de Janeiro mantém medidas restritivas até o dia 28 de junho

Os dados do boletim epidemiológico indicam que os atendimentos na rede de urgência e emergência permanecem estáveis nas últimas semanas, com leve queda nos últimos dias.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A prefeitura do Rio de Janeiro prorrogou até o dia 28 de junho todas as medidas restritivas em vigor no município para conter a propagação do novo coronavírus (covid-19). A prorrogação está no Decreto 48.974, publicado hoje (11) no Diário Oficial do Município e foi anunciada durante a apresentação do boletim epidemiológico semanal.

Permanece suspenso o funcionamento de boates, danceterias e salões de dança, assim como a realização de festas que necessitem de autorização transitória, em áreas públicas e particulares. As academias de ginástica, bares, lanchonetes, restaurantes, shoppings, centros comerciais, galerias de lojas, museus, bibliotecas, cinemas, teatros, casa de festas, recreação infantil, parque de diversões e espaços turísticos devem atender as regras de ocupação máxima e distanciamento mínimo.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.