Remédio produzido pela Pfizer reduz risco de morte pela Covid-19 em 37%, diz estudo

O medicamento pode diminuir o risco do paciente desenvolver a chamada "tempestade inflamatória", que se trata de uma grave complicação causada pela Covid-19.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O medicamento tofacitinibe (Xeljanz) pode reduzir em até 37% o risco de insuficiência respiratória ou de morte em pacientes que detém pneumonia associada ao novo Coronavírus. é o que revelou um estudo divulgado na última quarta-feira (16) coordenado pela Academic Research Organization (ARO) do Albert Eisten em parceria com a farmacêutica Pfizer.

O ensaio clínico realizado, trouxe evidências de que o medicamento pode diminuir o risco do paciente desenvolver a chamada “tempestade inflamatória”, que se trata de uma grave complicação causada pela Covid-19.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.