A tecnologia tem movimentado diferentes ambientes no Brasil e mudado inúmeros padrões de comportamento. Em Recife, por exemplo, uma das capitais com forte cunho turístico do país, a tecnologia tem aberto portas para novas oportunidades de trabalho que vão muito além de hotelaria, recepção e comércio voltado a visitantes do estado. 

Isso significa que, além das várias vagas em concursos em PE, como na própria Prefeitura de Recife, na Universidade Federal de Pernambuco e na Polícia Civil do Pernambuco, por exemplo, a capital pernambucana também abriga o parque tecnológico Porto Digital, que atua nas áreas de tecnologia da informação, comunicação e economia criativa.

Atualmente, há cerca de 900 vagas disponíveis para diferentes cargos, como engenheiro de testes, desenvolvedor, designer e outros. As vagas foram se acumulando nos últimos cinco anos, e a intenção é que elas sejam completamente preenchidas nos próximos semestres, afinal, o parque reúne 328 empresas na cidade do Recife.

Mulheres na tecnologia

Para o preenchimento das vagas de tecnologia no Porto Digital, no entanto, é necessário que os candidatos estejam preparados para exercer os requisitos do cargo. E, por isso, essa ação também já está sendo desenvolvida no estado. De acordo com a gerente de projetos do Porto Digital, Marcela Valença, a falta de mão de obra qualificada é a principal dificuldade para o preenchimento de todas as vagas. “Pensando em como poderíamos ocupar essas vagas que estão em aberto, a gente tem uma política de formação”, aponta a executiva.

Contudo, a busca por mulheres na tecnologia aumenta no Recife. Isso porque, dos 9 mil trabalhadores do Porto Digital, somente 20% são mulheres. “A gente, durante muito tempo, foi retirada desse espaço ocupacional, e é preciso que a gente volte a ocupar esse espaço, porque as mulheres têm feito coisas na área de tecnologia”, diz a gerente de projetos.

Assim, para incentivar e formar mulheres dedicadas à tecnologia no Nordeste, foi criado o programa Mulheres em Inovação, Negócios e Artes (MINAs). Por meio desta iniciativa, são ministradas palestras e oficinas para alunas de escolas públicas e particulares do Recife, além de diferentes ações que incentivam o empreendedorismo feminino no estado.

Crédito da foto: Divulgação | Recife)