Protesto do bem: funcionários de autoescolas realizam doação de sangue para reivindicar apoio à categoria durante pandemia

Cerca de 20 trabalhadores foram até o Hospital Santa Teresa (HST) para doar sangue.

Funcionários das autoescolas Serra Verde e BonSucesso, localizadas no Itamarati e Itaipava, respectivamente, se reuniram na manhã deste sábado (27), em Petrópolis, para a realização de uma ação voluntária em protesto ao impasse sobre a liberação do funcionamento dos Centros de Formação de Condutores (CFCs) da cidade. Cerca de 20 trabalhadores foram até o Hospital Santa Teresa (HST) para doar sangue.

A manifestação teve como objetivo, além de reforçar a campanha por doação de sangue, reivindicar apoio para a categoria, que está com as atividades suspensas desde o início da pandemia na cidade Imperial. Na última quarta-feira (24) o Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro (Detran-RJ) autorizou a retomada gradual das atividades nas autoescolas do RJ, entretanto, em Petrópolis, o governo municipal vetou o funcionamento.

Além do resultado solidário, o empresário Marco Antônio Neto espera chamar a atenção das autoridades públicas. Ele afirma que as autoescolas estão preparadas para atuar em novo formato, com atendimento por agendamento e redução no número de alunos dentro das salas de aulas “Hoje o processo de autoescola é agendado. Podemos fazer matrícula com agendamento, os exames teóricos e práticos também são com agendamento. As aulas práticas são com um aluno e um instrutor, não tem aglomeração”, ressaltou o empresário.

Para a empresária Luciane Vasconcelos, a maior preocupação é com os prazos dos alunos que deram entrada no processo de habilitação “Essa é a nossa maior preocupação. Os prazos foram ampliados para 18 meses, mas já se passaram três meses que estamos com as atividades suspensas”, lamentou.

Os empresários afirmam, ainda, que os CFCs já se adequaram as normas impostas pelo Detran-RJ, entre elas, o fornecimento de álcool em gel aos alunos e funcionários, e a higienização dos veículos de instrução no início e no término de cada aula prática. “Nos estamos prontos, agora falta apenas a liberação do município”, finalizam.

Doação de Sangue

Podem doar todas as pessoas entre 18 e 60 anos, em bom estado de saúde e que pesem mais de 50 quilos. Jovens de 16 a 17 anos também podem doar acompanhados dos responsáveis. Não é necessário fazer jejum, mas é importante não ingerir alimentos gordurosos três horas antes da doação. Também não se deve consumir bebidas alcoólicas 12 horas antes.

As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. Pessoas que fizeram algum procedimento, como endoscopia só podem doar após seis meses da realização da intervenção. O banco de sangue funciona todos os dias, de 7h às 18h, na Rua Paulino Afonso, 477 – Bingen.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também