Foto: Divulgação/ASCOM

Prefeitura e parceiros vão intensificar as ações do “Criança Feliz” nas comunidades petropolitanas

Os novos parceiros do "Criança Feliz" terão a tarefa de se tornarem parceiros dos petropolitanos na abordagem que voltará a acontecer em diversas comunidades.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Prefeitura de Petrópolis, através da Secretaria de Assistência Social, contará com dois novos parceiros na retomada do programa “Criança Feliz”, prevista para agosto. Na reunião realizada nesta quarta-feira (14), a secretária de assistência social, Rosane Borsato, anunciou a parceria com Universidade de São Paulo e Grupo Lego no apoio ao retorno das visitas às comunidades locais. O trabalho será intensificado em agosto respeitando os protocolos e a consequente aprofundamento da parceria.


Os novos parceiros do “Criança Feliz” terão a tarefa de se tornarem parceiros dos petropolitanos na abordagem que voltará a acontecer em diversas comunidades. Através de seu conhecimento, a USP lançará um trabalho de campo para estudar o perfil das famílias e suas necessidades, além de capacitar as equipes de visitadoras e cuidadores para atuar com as famílias, com o objetivo de melhorar e aperfeiçoar o programa. Atualmente, 380 estão cadastradas para receberem o benefício.


O público prioritário do “Criança Feliz” são gestantes, crianças de até 36 meses e suas famílias inseridas no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal, além de crianças de até 72 meses e suas famílias beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada e também daquelas de até 72 meses afastadas do convívio familiar, em razão da aplicação de medida de proteção.


As comunidades inscritas no programa são Centro, Meio da Serra, Alto da Serra, Contorno, Siméria, São Sebastião, Floresta, Sargento Boening, Sertão do Carangola, Vicenzo Rivetti, Côrreas, Atílio Marotti, Comunidade do Neylor, Comunidade do Alemão, Jardim Salvador, Roseiral, Quitandinha, Independência, Retiro, Madame Machado, Nogueira, Bairro da Glória, Bonfim, Castelo São Manoel, Calembe, Bonfim.


“Num cenário de pandemia, mas com a imunização contra a Covid-19 avançando no município, consideramos muito importante a retomada gradativa das visitações em domicílio. Precisamos fortalecer os vínculos afetivos com as crianças atendidas pelo ´Criança Feliz´, que são mais eficazes mediante a presença das visitadoras, que são as responsáveis pelas atividades sugeridas aos cuidadores”, explicou Patrícia Ferreira, que ao lado de Klethlen Pavão, supervisiona o programa.

De acordo com a secretaria de assistência social, a expectativa é a de que já na primeira semana do mês que vem as equipes, compostas por 12 pessoas, irá retomar as visitas. A secretária de assistência social, Rosane Borsato, ressaltou a importância dos profissionais que atuam no sentido de fortalecer a interface entre criança, gestante com os Centros de Referência espalhados pelo município, contribuindo dessa forma de uma melhora na qualidade de vida das famílias

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.