Prefeitura de Teresópolis intensifica Operação Presença Social para acolher pessoas em situação de rua

De acordo com levantamento da secretaria, existe uma média de 50 pessoas em situação de rua em Teresópolis.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Com a acentuada queda de temperatura, abaixo dos 10ºC, desde esta quarta-feira, (30), a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social intensifica a Operação Presença Social, que acolhe pessoas em situação de rua, com encaminhamento consentido para o abrigo da Associação Beneficente Sopão, no Bom Retiro.

Acompanhada pela Defesa Civil Municipal, equipe do Desenvolvimento Social esteve nos bairros Barra do Imbuí, Ermitage, Meudon, Várzea e Vale do Paraíso, onde foram localizadas 4 pessoas dormindo em calçadas e que, depois de abordadas, optaram por não se dirigir ao abrigo Sopão. A operação seguirá pelos próximos dias.

De acordo com levantamento da secretaria, existe uma média de 50 pessoas em situação de rua em Teresópolis. Esse número é flutuante, pois a maioria são andarilhos, que vêm para a cidade e depois vão embora.

“A população pode colaborar com as nossas ações de acolhimento nos informando onde há pessoas dormindo na rua. E quem quiser, pode aderir a nossa campanha de doação de cobertores e agasalhos. Nossos CRAS e CREAS estão abertos para receber os donativos”, explica Valdeck Amaral, secretário municipal de Desenvolvimento Social. As informações podem ser repassadas de segunda a sexta, de 12h às 18 h, pelo telefone (21) 3641-5866.

Abrigo

A Prefeitura de Teresópolis possui Termo de Colaboração com a Associação Beneficente Sopão. A Prefeitura cede funcionários para atuar no local e mantém despesas de custeio do abrigo, como luz, água e combustível. Além disso, as pessoas acolhidas no Sopão passam pela Secretaria de Desenvolvimento Social, com acompanhamento de assistentes sociais. A Secretaria Municipal de Saúde também realiza, periodicamente, ações preventivas e de cuidado na entidade. No Sopão, são servidos café da manhã, almoço e jantar. As pessoas abrigadas podem dormir no local, onde devem se guir regras da boa convivência.

A Prefeitura também possui um acordo com a Fazenda Esperança para encaminhamento de pessoas com problemas com bebidas alcoólicas. Adolescentes em situação de rua podem ser encaminhados para o abrigo Gerando Filhos.

Cobertores e agasalhos

Desde o mês de abril, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social promove a campanha de arrecadação de cobertores e agasalhos 2021. O público-alvo são as famílias em vulnerabilidade social cadastradas nos CRAS (Centros de Referência de Assistência Social) e no CREAS (Centro Especializado de Referência de Assistência Social) do município. As doações podem ser entregues nos CRAS e no CREAS, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Podem aderir à campanha toda instituição pública ou privada que deseja participar, assim como a p opulação em geral. A Secretaria enviou cobertores e colchões para diversas entidades de acolhimento.

Confira os postos de entrega de donativos:

De segunda a sexta, das 8h às 17h

  • CRAS Alto: Rua Nilza Chiapeta Fadigas, 190, Várzea.
    Telefone (21) 3641-3019
  • CRAS Barroso: Rua Par, 170, Barroso.
    Telefone (21) 3642-1055
  • CRAS Fischer: Rua Pedro Eleutério de Oliveira, 213, Fischer.
    Telefone (21) 3641-9490
  • CRAS Meudon: Rua Caramuru, 108, Meudon.
    Telefone (21) 3641-1437
  • CRAS São Pedro: Rua Fileuterpe, 845, São Pedro.
    Telefone (21) 2742-3080
  • CRAS Volante Parque Ermitage: Estrada Rio-Bahia, km 80, Conj. Habitacional Parque Ermitage.
  • CRAS Volante Bonsucesso/E.M. Francisco Mª Dállia: Est. Teresópolis-Friburgo, km 28.
  • CREAS: Rua Carmela Dutra, 812, Agriões.
    Telefone (21) 2742-8722
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.