Prefeito pede ao DNIT que obras na União e Indústria sejam executadas à noite

O pedido é uma forma de minimizar os impactos sofridos pelos motoristas no trânsito, no momento em que as intervenções chegam ao distrito de Itaipava.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

O prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes, formalizou nesta quarta-feira (14), em Brasília, um pedido ao diretor geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, Antônio Leite dos Santos Filho, para que as obras de revitalização executadas pelo órgão federal na Estrada União e Indústria sejam realizadas no período noturno, a fim de minimizar os impactos que os trabalhos vêm causando no trânsito, especialmente neste momento em que alcançou o distrito de Itaipava.

“As intervenções na Estrada União e Indústria são fundamentais para melhorar essa importante ligação entre o Centro e os distritos. A cidade precisa e muito dessas melhorias. No entanto, elas têm impactado duramente na rotina de milhares de petropolitanos”, destacou o prefeito.

A reunião em Brasília, que contou com a participação dos deputados federais Hugo Leal e Dr. Luizinho, é um desdobramento de um encontro anterior com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, realizado juntamente com o deputado Vinícius Farah e o vereador Maurinho Branco. O município agora aguarda uma resposta do DNIT. “Estamos otimistas quanto a essa mudança no horário de execução”, afirmou Hammes, lembrand que amanhã (16) a Secretaria de Obras libera a passagem de veículos pela Rua Joaquim Agante Moço (via que passa por trás do Parque Municipal de Itaipava e liga a Rua Des. Antônio Severo da Costa e a Rua Braz Rossi – Vila Epitácio – ao trecho da Estrada União e Indústria próximo ao Shopping Tarrafas). A medida deve atenuar o impacto das obras no trânsito, já que a via pode ser utilizada como rota alternativa à União e Indústria.

Na segunda-feira (12), a secretaria de Obras iniciou a recuperação da via, que estava interditada desde o início do ano passado, quando um trecho cedeu em função de uma obra realizada no local. “Vamos viabilizar já para este fim de semana a passagem de veículos leves. No início da próxima semana, começamos a pavimentação com raspa de asfalto, para melhorar a passagem pelo trecho”, informou o secretário de Obras, Maurício Veiga, acrescentando que o município vai utilizar, com autorização do proprietário, parte de um terreno privado para fazer um desvio de cerca de três metros em relação à via original, em uma área de 150m². A Comdep já está fazendo também a limpeza da rua”.

Ações para minimizar os impactos no trânsito

Com a chegada das obras feitas pelo DNIT no trecho da rotatória de Bonsucesso, em Itaipava, a Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans reforçou na última semana o efetivo de controladores e agentes de trânsito na região, bem como o apelo para que os motoristas evitem o trecho, sempre que possível, usando a BR-040 como rota alternativa. “Agora, com a liberação da Rua Joaquim Agante Moço, ganhamos mais uma alternativa, com a possibilidade de que os motoristas de carros leves evitem o siga e pare no trecho onde acontece a pavimentação”, pontua o diretor-presidente da CPTrans, Luciano Moreira, que lembra que, além do reforço de agentes de trânsito, houve ainda a instalação de um desvio para veículos leves por Nogueira, bem como a mudança para sentido único na Vila Epitácio.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.