Polícia Civil cumpre mandados contra maior organização criminosa do Rio de Janeiro

Operação vai envolver agentes de quatro estados

A Secretaria de Estado de Polícia Civil (Sepol), por meio da Delegacia de Combate ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DCOC-LD), realiza a “Operação Link”, na manhã desta quinta-feira (15/10), para cumprimento de oito mandados de prisão temporária, 30 mandados de busca e apreensão, o bloqueio de aproximadamente R$ 12 milhões nas contas bancárias e o sequestro de bens de alto valor de acusados de envolvimento na maior organização criminosa do Rio de Janeiro. A ação terá apoio dos Departamentos de Polícia Especializada; de Polícia do Interior e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), além das polícias civis de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

De acordo com as investigações, os suspeitos depositavam dinheiro em bancos a partir de diversos municípios do Rio de Janeiro, destinando para os estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, em um esquema de lavagem de dinheiro e pagamento pela remessa de drogas e armas para o grupo criminoso do Rio de Janeiro. O esquema utilizava moradores de comunidades de Japeri, São Gonçalo, Cabo Frio e de Volta Redonda, que depositavam grandes valores em contas falsas, que chegaram a movimentar aproximadamente R$ 20 milhões.

Fonte: Secretaria de Estado de Polícia Civil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também