Foto: Maurício Bazílio

Petrópolis recebe doses de vacinas Pfizer e CoronaVac do Governo Estadual

A SES ressalta a necessidade da priorização da repescagem de pessoas dos grupos prioritários já atendidos pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) nas distribuições anteriores.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realiza, nesta sexta-feira (09.07) e sábado (10.07), a entrega de 274.024 doses de vacinas contra a Covid-19 aos 92 municípios do estado. Ao todo, serão distribuídas 172.824 doses da Pfizer para primeira aplicação, e 101.200 doses da vacina CoronaVac, divididas para primeira e segunda aplicação, ou seja, 50.600 para D1 e 50.600 para D2. 

Os municípios do Rio de Janeiro e São Gonçalo fizeram a retirada, nesta sexta-feira (09.07), diretamente na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. A partir das 7h deste sábado (10.07), retiram as vacinas no CGA os municípios de Niterói, Itaboraí e Maricá, e saem também do local os comboios de vans e caminhões para entregar os imunizantes aos municípios das regiões Metropolitana I e II, Médio Paraíba, Serrana, Centro Sul e Baixada Litorânea, com escolta da Polícia Militar.

Às 8h, três helicópteros levarão as vacinas para as regiões da Costa Verde, Norte e Noroeste, sendo uma aeronave da Saúde, uma do Governo do Estado e uma do Corpo de Bombeiros. –

A cada remessa de vacinas enviada aos municípios, se aproxima o alcance da imunização coletiva. Mas, para isso, é necessário que a população retorne aos postos para a segunda dose – afirma o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe. A SES esclarece que não há previsão de doses extras para garantir a 2ª dose da Coronavac caso o município use todas as doses como D1. Todo o volume de distribuição é feito de forma proporcional e igualitária.

A SES também ressalta a necessidade da priorização da repescagem de pessoas dos grupos prioritários já atendidos pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) nas distribuições anteriores, dando continuidade à campanha conforme recomendações da terceira edição do Calendário Único de Vacinação do Estado do Rio de Janeiro. Calendário Único – A Secretaria de Estado de Saúde (SES) publicou no dia 02.07 a terceira edição do Calendário Único de Vacinação contra Covid-19 do Estado. A nova edição acelera as datas de vacinação dos grupos por faixa etária, prevendo o término da aplicação da primeira dose até o fim de agosto.

O Calendário Único em vigor foi pactuado com o Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), com o objetivo de padronizar as ações de imunização nos 92 municípios do estado. O calendário respeita as especificidades de cada município. Assim, algumas cidades podem estar um pouco mais adiantadas que outras, mas há uma faixa etária a ser vacinada em períodos específicos. Novas pactuações poderão ser realizadas conforme a velocidade da chegada das vacinas ao estado.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.