Foto: Divulgação/ASCOM

Petrópolis celebra 148 anos de Santos Dumont nesta terça-feira (20)

Quem estiver no espaço vai ganhar um card com curiosidades sobre a vida dele e suas criações.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Caso estivesse vivo, Alberto Santos Dumont, conhecido como o “Pai da Aviação”, completaria 148 anos nesta terça-feira (20). E a data será lembrada com uma programação especial na sua antiga casa de veraneio em Petrópolis, hoje Museu Casa de Santos Dumont. Quem estiver no espaço vai ganhar um card com curiosidades sobre a vida dele e suas criações. Neste dia, turistas e petropolitanos também não pagam pela visitação.

Nascido em 1873, na Fazenda Cabangu, em João Gomes (hoje chamada de Santos Dumont), em Minas Gerais, o inventor escolheu a Cidade Imperial para construir seu imóvel de veraneio. Foi na “Encantada”, como a casa é chamada, que ele escreveu um de seus dois livros, a obra intitulada “O que eu vi e o que nós veremos”. “Santos Dumont é uma personalidade conhecida no mundo todo, então é um orgulho para a cidade essa forte ligação com Petrópolis”, ressalta o prefeito interino Hingo Hammes.

A casa que foi local de descanso para Santos Dumont foi construída em 1918. Naquela época, poucos imaginavam que o terreno íngreme que ficava bem na entrada da Rua do Encanto, no Centro da cidade, poderia abrigar uma moradia. Considerado visionário, ele desenhou e planejou, com a ajuda do engenheiro Eduardo Pederneiras, seu chalé. Quem sobe as escadarias e entra na imóvel consegue notar de cara que se trata de uma casa especial. Para entrar, só é possível com o pé direito, em função do formato das escadas criadas por Santos Dumont.

“Boa parte do tempo livre dele era em Petrópolis, já que era amigo de personalidades ligadas a cidade, como a Princesa Isabel, por exemplo. São diversas curiosidades que ligam a história de Santos Dumont ao nosso município. Por isso, não podemos deixar de homenagear esse grande personagem da história do país”, diz Charles Rossi, presidente do Instituto Municipal de Cultura.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.