Palestras lembram o aniversário de 130 anos da Previdência do Estado

Evento do Rioprevidência acontece de segunda à sexta-feira com profissionais ilustres da área.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Em homenagem aos 130 anos da previdência no Estado do Rio de Janeiro, o Fundo Único de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro – Rioprevidência realizará uma semana de palestras, de 24 a 28 de maio, com convidados ilustres e profissionais diretamente ligados à Previdência. 

O evento é gratuito e aberto ao público pela plataforma “Teams”, precisando apenas de um clique para acessá-lo. De segunda a quinta, o evento ocorre das 10h às 12h; e na sexta-feira, das 11h às 13h.  

Na segunda-feira, dia 24, a abertura solene terá a participação do presidente do Rioprevidência, Sergio Aureliano, e de convidados. O diretor de Seguridade do Rioprevidência, Marcelo Fresteiro, será o palestrante convidado e irá apresentar tópicos sobre a Reforma da Previdência.  

Na terça-feira, dia 25, para falar sobre “Rioprevidência e Municípios”, estão convidados Sergio Aureliano e Pamela Ornelas, que é diretora-executiva do Fundo de Previdência de Barra do Piraí e presidente da Comissão de Direito Previdenciário da 47ª subseção da OAB/RJ. 

No dia 26, quarta-feira, a palestra vai prestar esclarecimentos a servidores do estado sobre como funciona o Regime Complementar do Rio, o RJPrev. O convidado será Halan Morais, presidente do RJPrev. 

Na quinta-feira, 27, a palestra “Solicitação da Pensão Previdenciária – Aspectos Importantes” vai auxiliar os pensionistas e os interessados na questão, e será com a gerente de Atendimento do Rioprevidência, Carla Marques.   

Finalizando o evento, no dia 28, sexta-feira, o Rioprevidência receberá o juiz federal Fabio Souza, professor da UFRJ e do ICDS, no horário das 11h às 13h, para falar sobre “Desafios na Gestão de Benefícios”.  

Sobre os 130 anos de Previdência 

Em 22 de maio de 1891, no início da Primeira República, funcionários municipais do Distrito Federal conquistaram o direito de deixar pensão para os filhos e cônjuge, por meio do decreto nº 334, que criava o Montepio dos Empregados Municipais do Distrito Federal, inaugurando a previdência no estado do Rio de Janeiro.

Com o passar dos anos essa atividade foi exercida pelo mesmo órgão, que por razões diversas teve seu nome alterado. Como é o caso do IPGE que, com a fusão, se tornou Iperj. Hoje, o Rioprevidência é o herdeiro dessa história de 130 anos de lutas e conquistas da previdência do estado, que como no passado tem como principal preocupação atender cada vez melhor o aposentado e pensionista. 

Fonte: Ascom Governo do Estado do RJ

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.