Um ônibus da empresa Progresso, que fazia a linha Três Rios, Areal e São José, e que passa pela Posse, foi apreendido por homens da Guarda Civil que fazem a vigilância das entradas da cidade. O coletivo estava fazendo a chamada “fração”, embarcando e desembarcando passageiros no território de Petrópolis, o que está deliberadamente proibido de acordo com o decreto 1.095/2020, de autoria do prefeito Bernardo Rossi, que proíbe a circulação de ônibus intermunicipais pelo município por 15 dias devido a pandemia do coronavírus.

Os guardas municipais deram voz de prisão ao motorista e todos foram encaminhados para a 106ª DP em Itaipava. Vale ressaltar que a medida também descumpre portaria 1580/2020 do Detro, que estipula a proibição da circulação de veículos nas modalidades regular, fretamento e complementar.

De acordo com o Procurador Geral do município, Sebastião Medici, “a medida é para, além de proteger os petropolitanos, criar uma barreira sanitária para as cidades de Três Rios, Areal e São José do Vale do Rio Preto, que ainda não apresentaram indícios dessa doença”, aponta.

Fonte: Prefeitura de Petrópolis