© Rogerio Santana/Governo do Rio de Janeiro

MP faz operação contra fraudes na compra de respiradores no Rio

Foram gastos R$ 18 milhões na compra dos equipamentos

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) cumpre hoje (17/06) dois mandados de prisão preventiva contra acusados de fraudes na compra de respiradores pulmonares no estado. Além disso, estão sendo cumpridos nove mandados de busca e apreensão nas cidades do Rio e de Brasília, em mais uma etapa da operação Mercadores do Caos.

De acordo com o MPRJ, foram gastos R$ 18 milhões na compra desses equipamentos, usados no tratamento de pacientes com covid-19 em estado grave. Segundo as investigações, os respiradores foram comprados de forma emergencial, sem licitação.

Além disso, passados dois meses da data prevista para a chegada dos equipamentos, nenhum respirador foi entregue pelas empresas e nem o dinheiro foi devolvido aos cofres públicos, segundo o Ministério Público.

Fonte: Agência Brasil

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também