Jane Di Castro - Foto: Reprodução de vídeo / TV Brasil

Morre Jane di Castro no Rio de Janeiro aos 73 anos

No teatro ela já foi dirigida por Ney Latorraca, Bibi Ferreira e Miguel Falabella.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Os cachos loiros de Jane di Castro não estarão mais entre nós. A atriz e cantora morreu nesta sexta-feira (23), no Rio de Janeiro, em decorrência de um câncer. Nome grande da arte brasileira, ela estava internada no Hospital de Ipanema.

Com 54 anos de carreira, e 73 de vida, Jane participou de ‘A Força do Querer’ em 2017 e suas cenas começaram a ir ao ar na última semana. A novela está sendo reprisada pela TV Globo por conta da pandemia do coronavírus. Castro foi casada por mais de 50 anos com Otávio Bonfim, com quem formalizou a união em 2014. Em 2018 ficou viúva e desde então mantinha uma vida mais reclusa.

“É uma surpresa muito dolorosa. Eu não sabia que ela estava doente. Mas o que tenho a dizer é que Jane é uma estrela e sempre foi uma pessoa muito a generosa e afetuosa”, disse Silvero Pererira ao ‘Extra’.

Jane também integrou o musicao ‘Divinas Divas’ que virou um documentário premiado que foi dirigido Leandra Leal. A recordação conta a história das primeiras artistas travestis do Rio de Janeiro e a ligação delas com o teatro da família Leal, o Rival.

No teatro ela já foi dirigida por Ney Latorraca, Bibi Ferreira e Miguel Falabella. Foi perseguida durante a ditadura por fazer shows nos teatros do Centro do Rio de Janeiro e resistiu, como artista que sempre foi.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.