Mês de maio começa com altos índices de alcoolemia no trânsito no estado do Rio

Os municípios de Queimados, na Baixada Fluminense, e Campos dos Goytacazes, no Norte do estado, apresentaram as maiores taxas de condutores flagrados sob efeito de álcool.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Operação Lei Seca registrou, no primeiro dia de maio, um alto número de casos de alcoolemia nas blitzes de fiscalização realizadas no estado do Rio. Dos 535 motoristas abordados, 119 estavam embriagados e foram retirados das ruas. Neste mês é celebrado o Maio Amarelo, movimento mundial criado para chamar atenção para o alto número de mortos e feridos no trânsito.

Os municípios de Queimados, na Baixada Fluminense, e Campos dos Goytacazes, no Norte do estado, apresentaram as maiores taxas de condutores flagrados sob efeito de álcool pela Operação Lei Seca. Duas blitzes foram realizadas em Queimados, e o percentual atingiu 28,4%. Já em Campos, as ações atingiram 21,4%. A média atual do estado é de 10%. 

A Zona Oeste da capital também registrou um alto índice de alcoolemia. Nas ações realizadas na Estrada do Mato Alto, em Campo Grande, foram abordadas 146 pessoas, com 23,3% de casos registrados. Já na Barra da Tijuca, 13,4% de motoristas estavam embriagados.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.