Mercedes-Benz suspende produção no Brasil por conta do agravamento da pandemia

Inicialmente, a montadora irá parar suas máquinas do dia 26 de março até 5 de abril. A partir daí, dará férias coletivas para grupos alternados de funcionários, para reduzir a circulação dentro das plantas fabris.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

A Mercedes-Benz do Brasil vai suspender a produção nas fábricas do país por conta do agravamento da pandemia de Covid-19. A paralisação atinge as fábricas de veículos comerciais de São Bernardo do Campo, em São Paulo, e Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Inicialmente, a montadora irá parar suas máquinas do dia 26 de março até 5 de abril. A partir daí, dará férias coletivas para grupos alternados de funcionários, para reduzir a circulação dentro das plantas fabris.

Os funcionários da área administrativa da Mercedes-Benz não serão afetados, pois estão em regime de trabalho remoto. De acordo com a empresa, as concessionárias e oficinas permanecem em funcionamento normal, seguindo as medidas preventivas contra a Covid-19.

“O nosso intuito, alinhado com o Sindicato dos Metalúrgicos, é contribuir com a redução de circulação de pessoas neste momento crítico no país, administrar a dificuldade de abastecimento de peças e componentes na cadeia de suprimentos, além de atender a antecipação de feriados por parte das autoridades municipais”, diz comunicado divulgado pela Mercedes-Benz.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.