Foto: Arquivo / FolhaBV

ISP: A cada 94 horas uma pessoa é estuprada em Petrópolis

Os casos de estupro se tornam cada vez mais frequentes, conforme divulgado pelas mais variadas mídias da cidade.

O número de casos de estupro em Petrópolis diminuiu 28,7%, entre os meses de janeiro e agosto deste ano, se comparado ao mesmo período registrado no ano anterior, caindo de 87 para 62 ocorrências. O número atual representa um caso de estupro a cada 94 horas no município ou a cada 3 dias e 22 horas, de acordo com dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

Os casos de estupro se tornam cada vez mais frequentes, conforme divulgado pelas mais variadas mídias da cidade. Nesta terça-feira (15), um homem, de 29 anos, foi preso pela Polícia Militar, suspeito de ter estuprado uma menina, de seis anos, que estava na residência da avó, quando foi abusada pelo companheiro da mulher.

O exame de corpo de delito comprovou a presença de líquido prostático tanto na vagina da menor, quanto em sua calcinha. Diante dos fatos, a autoridade policial representou pela prisão temporária do autor, sendo a mesma deferida pela vara de violência doméstica.

O mês de agosto apresentou aumento de 22,2% no número de casos, se comparado ao mês anterior, passando de nove ocorrências para 11 novos registros. Em Petrópolis, a queda deste tipo de crime é registrada desde o ano passado.

Em 2018, de janeiro a dezembro, foram totalizados 141 crimes de estupro. No ano seguinte, caiu para 126, totalizando queda de 10,6%.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

veja também