INSS retoma a obrigatoriedade da prova de vida

No estado do Rio de Janeiro, um total de 2,9 milhões devem atualizar os dados anualmente
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

No Rio de Janeiro, mais de 1,1 milhão de pessoas já realizaram a comprovação de vida neste ano, e 930 mil já haviam realizado em 2020, de acordo com dados do Sistema Único de Informações de Benefícios.

Em todo o estado, cerca de 931 mil segurados estão com a prova de vida pendente e ainda precisam realizar a prova de vida neste ano, segundo cronograma.

No Brasil, 10,5 milhões de segurados já realizaram a prova de vida este ano e 13,4 milhões em 2020. Cerca de 11 milhões estão pendentes de comprovação junto ao sistema, totalizando, assim, mais de 35,8 milhões de beneficiários que precisam realizar a comprovação de vida todos os anos no país.

O Instituto Nacional do Seguro Social retoma a rotina de bloqueio dos créditos dos benefícios por falta de prova de vida, a partir de junho, para os residentes no Brasil.

O procedimento faz parte da rotina de manutenção de benefícios e quando não é realizado resulta na suspensão e/ou bloqueio de pagamentos de aposentadorias e pensões. De acordo com a Portaria 1.299, a rotina seguirá o cronograma divulgado na página do INSS.

O INSS destaca que a prova realizada junto às instituições financeiras continuam válidas e devem ser realizadas normalmente.

Biometria facial

Ampliada no último mês de fevereiro para cerca de 5,3 milhões de segurados, a prova de vida por biometria facial está disponível no aplicativo Meu INSS e Meu gov.br.

Para mais informações, os interessados podem consultar o site gov.br/inss ou o canal do INSS no Youtube.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.