A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) pode passar a permitir a entrada de pessoas de bermuda, chinelo e camisa entre os meses de setembro e março. É o que propõe o projeto de resolução 154/15, do deputado Carlos Minc (PSB), que será votado, em discussão única, pela Casa nesta quarta-feira (12/02).

Caso aprovada, a medida também valerá para os funcionários do Legislativo, exceto no plenário da Casa, onde o traje atual continuará obrigatório. “Embora o verão seja atrativo e festejado, trata-se de uma época propensa a grandes transtornos para a saúde. A vestimenta mais leve pode contribuir para uma vida mais saudável, evitando grandes problemas rotineiros”, justificou o autor.

Fonte: Alerj

Crédito da foto: Márcio Alves / Agência O Globo