Foto: Reprodução Governo do Estado

Em pleno século XXI, Polícia flagra trabalho escravo em carvoaria na cidade de Itaguaí-RJ

Entre as pessoas escravizadas, havia um jovem de 17 anos. A carvoaria foi interditada pela Polícia Civil.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

Policiais da 50ª Delegacia de Polícia na cidade de Itaguaí fecharam, nesta terça-feira (4), uma carvoaria clandestina por trabalho escravo e crime ambiental. O proprietário do local e outras quatro pessoas foram presas em flagrante. A ação aconteceu em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT). 

Os agentes foram até a carvoaria, em Itaguaí, na Baixada Fluminense, após levantamento de informações e um trabalho de investigação. O local não conta com banheiros, refeitório, água para se lavar nem equipamentos de proteção. As equipes encontraram diversas pessoas trabalhando em condições precárias, caracterizando trabalho escravo. Uma delas é um jovem de 17 anos.  

A carvoaria também não possui nenhum licenciamento ambiental nem alvará de funcionamento. Além disso, os policiais constataram crime ambiental.

As investigações prosseguirão, pois também foi identificado crime contra o consumidor, uma vez que os sacos com carvão não apresentam a pesagem adequada. 

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.