Créditos: CRF

Eleição de Caboclo na CBF é anulada e Justiça do Rio nomeia Landim e presidente da Federação Paulista para o comando da entidade

Apesar da nomeação, o caso ainda cabe recurso.
Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter

De acordo com o GE, a Justiça do Rio de Janeiro decidiu anular nesta segunda-feira (26), a Assembleia Geral da CBF que mudou a forma de votação para a presidência da entidade. Sendo assim, a eleição de Rogério Caboclo para a presidência, realizada em abril de 2018, está revogada.

A sentença do juiz Mario Cunha Olinto Filho, da 2ª Vara Cível da Barra da Tijuca do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, diz que, Rodolfo Landim, presidente do Flamengo e Reinaldo Carneiro Bastos, presidente da Federação Paulista de Futebol, serão nomeados para comandar a entidade por 30 dias. Neste período, eles devem organizar uma nova eleição e não poderão concorrer ao cargo.

Apesar disso, Antonio Carlos Nunes, que comanda interinamente a CBF desde o afastamento de Caboclo, continuará no cargo. Caso Landim e Bastos aceitem a convocação, eles devem trabalhar juntos. Porém, o caso ainda cabe recurso.

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter

veja também

Comentários estão fechados.