A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) regulamentou, nesta terça-feira (3), a importação, produção, armazenamento e a venda de produtos à base de Cannabis em território nacional.  A medida permitirá que pacientes com prescrição médica adquiram essa possibilidade terapêutica em farmácias.

Gustavo de Lima Palhares, CEO da Ease Labs, avalia como positiva a decisão da Agência. “A regulamentação no País facilita o acesso da população, reduzindo os custos para o paciente. Além disso, haverá um controle rigoroso sob a produção, garantindo a qualidade e a segurança nos processos”.

O cultivo da planta segue proibido, o que muda é a permissão para a importação do insumo, permitindo que o produto seja finalizado no Brasil, armazenado e comercializado em reais.